Vcfaz.tv
Agora na TV Lost
12:09 - 12:53
Deu a Louca nos Monstros
12:45 - 14:20
Caparaó
12:30 - 14:00
revista eletronica  
    Você está: FabioTV   
 

FabioTV
MasterChef trilha caminho perigoso
@colunatop @tvfabio


9 Dez 2016 - 14:10



MasterChef trilha caminho perigoso (Divulgação)

Olá, internautas

Nesta terça-feira (06/12), Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin definiram os finalistas do “MasterChef Profissionais”. Marcelo e Dayse encaram o duelo final na próxima semana. A versão com profissionais funcionou no reality da Band. Realmente, é visível a diferença entre os trabalhadores da cozinha e amadores. Porém, a atração caminha por um caminho perigoso.

Neste ano, principalmente, o “MasterChef” sofreu um processo de “BBBnização”. O talent show rendeu aos elementos primordiais dos realities de confinamento. O participante menosprezado pelos outros. Excluído. A mulher desprezada pelos “homens machistas”. Conchavo. No primeiro semestre, Leonardo sagrou-se o vencedor com ares de “bonzinho rejeitado” pelo elenco. Mesmo que Bruna tenha passado mais competência na cozinha. Já tínhamos alertado sobre tal indício neste espaço.

Nesta versão profissionais, o fato é mais gritante. As mulheres eliminadas da competição ressaltavam o machismo presente nos bastidores das cozinhas brasileiras. E isso contaminou a visão do programa da Band. Dayse foi a “sobrevivente” da equipe feminina. E, de acordo com esta visão, teria sofrido atitudes machistas dos adversários. Foi excluída pelos demais. Menosprezada. Só por ser mulher. Como pode, né?

O grande PORÉM deste “joguinho” é que Dayse, realmente, não demonstrou tanta bagagem culinária durante todo o programa em comparação aos homens. A impressão passada é que os jurados forçaram a entrada de uma mulher na grande final. Até prestigiaram, nestas últimas semanas, com o melhor prato da noite. É mais evidente que Ivo, Dario e Marcelo são superiores. A semifinal justa seria entre os três gigantes. Dayse, jamais, deveria ter passado de fase. No Cozinha Sob Pressão – Hells Kitchen, o chef Carlos Bertolazzi sempre prezou pelo mérito. O que não é visto agora nos ares do Morumbi.

O “MasterChef” deveria ser um programa que avaliasse, exclusivamente, o talento do competidor. Aspectos pessoais e estratégias de BBB deveriam sumir da avaliação dos jurados. Dayse é melhor que Ivo na cozinha? Quem tem mais experiência? “MasterChef” não foi criado para avaliar as virtudes do ser humano, mas o melhor cozinheiro/chef.

Por isso, minha total torcida para Marcelo Zaidan. O chef realmente brilhou e chamou mais atenção nos desafios propostos pelo júri. Esperamos que a justiça seja feita e que Paola, Jacquin e Fogaça não se influenciem pela torcida à la BBB.

Fabio Maksymczuk



FabioTV Fabio Maksymczuk de A. Brito é jornalista formado pela Universidade Mackenzie e Relações Públicas pela USP. Desde 2004, Fabio escreve sobre a TV brasileira no FABIOTV que atualmente integra o Blogs Legais do UOL. O jornalista é membro da APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes) e colunista do Portal Imprensa. Acesse também http://tvfabio.zip.net/


Facebook
Twitter
Telegram Receba nossas notícias no celular: telegram.me/vcfaztv (beta)




Comente esta notícias Comente!

Fique à vontade para comentar este artigo em nosso fórum.
Este artigo possui 0 comentário(s).
Leia os comentário(s)









VCVIP
Usuário:  
Senha:  
Lembrar 
Cadastre-se!
Mundosat
E shop Satelite
Agenda
Novelas

Compare no BuscapÉ


vcfaz.tv
RSS RSS Facebook Twitter Youtube
Na Televisão
Últimas Notícias
Novelas
Guia de TV

Programa Avesso

Colunas
Agenda de estreias
Entrevista
FabioTV
No Controle
Top Músicas

Fóruns de Debate
TV
  ├ On Demand
  ├ NET Claro
  ├ Oi
  ├ SKY
  └ Vivo
Satélite
  ├ Equipamentos
  └ Feeds
Papo Aberto
  ├ Esportes
  ├ Promoções
  ├ Política
  └ Tech
Sobre o vcfaz.tv
Fale Conosco
Parcerias
Regras de Participação
Ajuda
Newsletter
Receba diariamente as notícias em seu email.

Email:

Delivered by FeedBurner

Powered by phpBB © 2001, 2002 phpBB Group