O contador de causos e apresentador Rolando Boldrin apresenta no Sr. Brasil, nesta quinta-feira, dia 7 de outubro, na TV Cultura, às 22h, um especial em homenagem aos 100 anos de nascimento do sambista Ataulfo Alves.

Nascido numa fazenda mineira, filho de pai violeiro, foi para o Rio de Janeiro por acaso, onde trabalhou, entre outras coisas, como farmacêutico. No fim dos anos 1920 passou a se envolver com blocos de carnaval e artistas de rádio. Logo em seguida teve sambas gravados por Almirante (Sexta-feira) e por Carmen Miranda (Tempo Perdido), o que lhe assegurou o sucesso.

Ai, que Saudades da Amélia (com Mário Lago), foi um de seus maiores sucessos, ao lado de Na Cadência do Samba, Laranja Madura, Fim de Comédia, Vai, Mas Vai Mesmo e Mulata Assanhada. Todas essas canções serão interpretadas por ninguém menos que Athaulpho Alves Júnior, filho do homenageado, e também pelo sambista paulista Germano Mathias, as cantoras Marília Barbosa e Edith Veiga, além da dupla Pedro Miranda e Mariana Baltar.