A semana começou movimentada no setor de telecomunicações com a notícia divulgada pela agência Reuters que a operadora AT&T planeja vender suas operações de TV por assinatura em toda a América Latina. O chefe executivo Randall Stephenson já havia adiantado em uma conferência realizada em dezembro que estaria considerando a venda dos negócios para focar exclusivamente nos Estados Unidos.

Com mais de 19 milhões de assinantes de TV por assinatura, o grupo AT&T é um dos principais operadores na região desde o ano passado quando adquiriu a DIRECTV nos Estados Unidos e se tornou controladora da DIRECTV Panamericana, da SKY Brasil e SKY México.

A companhia espanhola Telefônica, que já atua no mercado brasileiro sob a marca da Vivo, confirmou o interesse em adquirir as empresas. Estimados em mais de 10 bilhões de dólares, os ativos permitiriam que a Telefônica se tornasse o principal operador de TV por assinatura nos países de língua espanhola na América e Europa. Além de melhorar sua posição no Brasil, onde atualmente detém 9,43% do mercado. Com a possível compra, a esta parcela se somariam mais 28,43% do mercado (mais de 5,5 milhões de assinantes).

A agência Reuters informa ainda que além da Telefônica, o grupo Liberty Global também estaria interessado em voltar a atuar na região adquirindo parte dos ativos.