Criar jardins no topo de prédios e casas melhora o clima e a qualidade de vida. A técnica que vem do Japão é levada para a tela da TV Cultura, no Repórter Eco deste domingo, dia 7 de novembro, que vai ao ar às 18h.

O programa acompanha uma equipe de jardinagem, que chega ao local com placas de grama, plantas ornamentais e mudas de árvores frutíferas. Os últimos detalhes do projeto são discutidos: “Aqui vai ser o gramado, aqui uma elevação… e nessa área um mini pomar…”. O inusitado dessa conversa é que esse jardim será montado sobre uma laje de concreto de 15 centímetros, que será coberta por uma manta feita a partir de pet reciclado.

O ambientalista Ricardo Cardim, sócio da empresa que monta projetos do chamado telhado verde explica que essa manta é drenante e “faz as vezes das pedrinhas que se usam no jardim para escorrer a água”. Depois da manta vem um substrato orgânico, de tecnologia japonesa, que é o grande segredo.

E as vantagens ambientais são inúmeras, a começar pela redução de temperatura na laje, que pode chegar a 13 graus a menos. Isso faz diminuir o calor na cidade, além de filtrar o ar e reter a poeira e o barulho.

Para as crianças, o programa mostra uma exposição de energia divertida, que acontece no Sesc Itaquera, em São Paulo, onde elas podem projetar um futuro sustentável usando fontes renováveis para gerar eletricidade.

O telespectador também fica sabendo quais as pesquisas que existem para salvar a única espécie de lobo da América do Sul, da extinção. O lobo-guará vive no cerrado, tem pele vermelha e se assemelha a uma raposa.