Ney Matogrosso, Rogéria, Laerte Coutinho, Dudu Bertholini e outras figuras conhecidas no meio LGBT são retratadas no documentário inédito "De Gravata e Unha Vermelha", que estreia no Canal Brasil. A produção mostra transsexuais, transgêneros, adeptos do crossdressing e entusiastas debatendo sobre a construção individual do próprio corpo.

O documentário pretende abordar a complexidade da mente humana e as múltiplas possibilidades de gêneros, comportamentos e identidades possíveis à nossa espécie. Dirigido por Miriam Chnaiderman, a cineasta explora a diversidade sexual em entrevistas com transexuais e transgêneros, entre famosos militantes da causa e pessoas comuns, sobre a construção individual do corpo, homofobia, aprovação familiar e os dramas particulares de quem vive ou já viveu em conflito com a própria figura. Todos relatam terem passado por ocasiões de preconceito, medo, angústia com a aceitação da família e da sociedade, e constrangimentos vividos nas mais diferentes situações.

"De Gravata e Unha Vermelha" estreia dia 09 de novembro, às 22h no Canal Brasil.