Depois de participar de festivais nacionais e internacionais, o documentário “Tudo Por Amor ao Cinema” estreia pela primeira vez na televisão, no canal de TV por assinatura Curta!.

O documentário conta a história do amante do cinema Cosme Alves Netto que, em seus 20 anos a frente da curadoria da cinemateca do MAM, no Rio, preservou centenas de filmes considerados subversivos pela ditadura militar. Ele chegou a guardar os longas com nomes falsos para protegê-los, caso de "Cabra Marcado para Morrer", arquivado com o título de "Rosa do Campo". A produção conta com depoimentos de diversos nomes importantes do cinema nacional, como Eduardo Coutinho, Cacá Diegues, Silvio Tendler, entre outros familiares e amigos. "Tudo por Amor Ao Cinema" será exibido no próximo dia 3, às 22h10, na Quarta do Cinema, na semana em que se completam 20 anos da morte de Cosme.