A Rede CNT enviou comunicado nesta última segunda-feira, dia 22 de junho, sobre o caso envolvendo o programa de leilões "Mil e Uma Noites", acusado de leiloar joias roubadas. Confira abaixo a íntegra da comunicação da emissora:

- Publicidade -

"Em relação às matérias veiculadas na mídia sobre o programa Mil e Uma Noites, exibido pela Rede CNT e acusado de leiloar joias roubadas, a emissora explica que o programa é uma produção independente. A Rede CNT ressalta que a empresa que produz o programa é cliente da emissora há sete anos e que neste período nunca recebeu nenhuma reclamação.

Em relação à investigação que está sendo realizada pela polícia, a Rede CNT prefere não se manifestar. "

- Publicidade -