Ritos e cerimônias de iniciação selam o pertencimento, representam compromisso cultural assumido por pessoas que buscam fazer parte das comunidades onde a tradição os institui.

A partir de domingo, 17 de setembro, às 21h30, o jornalista, cinegrafista e diretor Tim Noonan inicia uma expedição a diferentes partes do globo para viver e filmar, ele próprio, os procedimentos de iniciação masculina praticados por diversas comunidades, de nômades da Sibéria a tribos indígenas brasileiras. As aventuras por terras remotas e culturas ancestrais compõem a nova série do Discovery, Boy to Man.

São doze episódios de uma hora na temporada – em cada um deles Noonan está em uma comunidade para passar pelos rituais e registrá-los. Desde o trajeto para chegada a regiões inóspitas à experiência de imersão na cultura local, Boy to Man capta a jornada do cineasta pelos costumes, cerimônias e rotinas dos povos que visita.

Em seus dois episódios finais, Boy to Man vem ao Brasil, onde Noonan é recebido em aldeias indígenas. Entre os Kayapó, a passagem dos garotos à idade adulta requer o confronto com a dor ocasionada por centenas de picadas da Amyu, vespa que constrói enxames gigantescos. Os adolescentes devem suportar os efeitos paralisantes do veneno para provar sua capacidade como guerreiros.