Com direção de Ernesto Rodrigues, "Rio do Medo", a coprodução entre o Canal Brasil e a Bizum Comunicação dá voz a praças e oficiais da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ) para ouvir suas versões sobre a rotina de combate à violência nas ruas, como decidiram entrar para a tropa e os desafios de patrulhar a segunda maior cidade do Brasil.

- Publicidade -

O roteiro faz uma proposição inicial muitas vezes difícil de ser respondida para quem nunca cogitou vestir uma farda: o que leva uma pessoa a se tornar policial em um estado tão violento como o Rio de Janeiro? A partir desse questionamento, o documentário concede voz a diferentes perfis de agentes de segurança. Entre os entrevistados estão Vinicius Cavaliere, fundador do Bope; Ubiratan Ângelo, coordenador de segurança da ONG Viva Rio e ex-comandante geral da PMERJ; Fernando Derenusson, psicólogo da instituição; e alunos da Academia de Polícia Militar D. João VI, onde os militares recebem treinamento. Os convidados comentam os motivos para se alistar, as dificuldades encontradas na rotina de trabalho e o prazer de sentir que seus esforços são responsáveis pela construção de um mundo melhor.

Os praças e oficiais ouvidos pelo documentário traçam um perfil que exige um olhar atento do espectador para garantir a compreensão da complexidade do assunto. Os depoimentos apresentam as pelejas do cotidiano dos policiais, explicando, concomitantemente, o comportamento agressivo pelo qual a PMERJ é reconhecida ao longo dos anos – os agentes lembram detalhes do treinamento hostil praticado pelos centros de formação e justificam mortes em confrontos com traficantes e bandidos – e a formação do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE). Sem escolher uma posição própria para uma questão onde a reflexão não traz respostas instantâneas, o documentário busca uma abordagem jornalística, longe dos holofotes e debates acalorados normalmente presentes quando o assunto entra em pauta.

"Rio do Medo" estreia dia 07 de maio, às 22h no Canal Brasil.

- Publicidade -