[creditos:7f4e8e60cb]
Documentário inédito do Canal Brasil biografa Gal Costa[/creditos:7f4e8e60cb]
Às vésperas se de apresentar no Rio de Janeiro com o show “Estratosférica”, em 25 de março, Gal Costa é tema do inédito e exclusivo “Meu Nome é Gal”, que será exibido pelo Canal Brasil, na quarta-feira (22). A produção é dirigida por Antonio Carlos da Fontoura, que faz uma espécie de documentário-videoclipe em que entrelaça imagens raras do cotidiano da cantora e suas performances no melhor estilo voz e violão.

No início da década de 1970, a baiana surgia como a dona de uma voz única no cenário da MPB e do Tropicalismo, e o diretor decidiu acompanhar seu cotidiano e suas performances para produzir esse misto de documentário e videoclipe do início da carreira dela. Em imagens raras, é possível acompanhar a cantora em sua intimidade, vagando pelo Rio de Janeiro entre cartões-postais e a privacidade de sua própria casa, acompanhada apenas de um violão. Entre as canções, além da faixa que dá nome ao filme, é possível perceber a admiração do realizador, que a retrata como uma verdadeira obra de arte.

“Meu Nome é Gal” estreia dia 22 de março, ás 23h30 no Canal Brasil.