A ESPN renovou por cinco anos o contrato com a Tennis Australia para os direitos exclusivos de distribuição no Brasil, restante da América Latina e Caribe do Australian Open, primeiro evento Grand Slam da temporada de tênis. Com isso, o atual contrato da ESPN válido desde 1988 é estendido até 2021.

A ESPN manterá os direitos exclusivos de distribuição digital e TV paga no Brasil. Além do Australian Open, a partir de 2017, a ESPN terá os direitos de distribuição para vários eventos de preparação para o Grand Slam, como a Copa Hopman, Desafio de Tênis Mundial, Brisbane International e Apia International. A ESPN terá também direitos para os jogos das eliminatórias do Australian Open, e dos eventos “Lendas”, Juvenil, e Cadeira de Rodas.

Para o Australian Open 2016, que será realizado entre os dias 18 e 31 de janeiro, os canais da ESPN no Brasil apresentarão 130 horas de cobertura ao vivo. Todas as partidas serão transmitidas pelo WatchESPN, plataforma de vídeos ao vivo, exclusivos e on-demand da ESPN que exibirá mais de 1400 horas de conteúdo. O portal ESPN.com.br também apresentará ampla cobertura jornalística e conteúdo informativo do evento, resultados, destaques e análises.

A renovação dos direitos exclusivos do Australian Open segue a estratégia da ESPN em oferecer ao fã do esporte o melhor e mais diversificado conteúdo. “A ESPN é reconhecida pela transmissão dos principais campeonatos, das mais diferentes modalidades. Os fãs do tênis que já assistem em nossos canais o US Open, Wimbledon, IPTL e diversos ATPs 250, seguirão acompanhando o Australian Open com ampla cobertura ao vivo e os narradores e comentaristas especializados no esporte”, analisa German Hartenstein, diretor geral da ESPN no Brasil.