A ESPN International transmitirá mais de 1.700 horas dos Jogos Olímpicos de 2012 em português e espanhol na América do Sul. Os planos da ESPN para fazer a mais ampla cobertura da história da emissora dos Jogos Olímpicos na região, e em vários canais, incluem seis redes dedicadas – pelo menos três por país – à cobertura em tempo integral e em alta definição de Londres 2012 na Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

- Publicidade -

Esta será a quinta vez que a ESPN no Brasil transmitirá os Jogos Olímpicos, e a primeira que as ESPN exibirá na língua espanhola na América Latina.

“A ESPN está orgulhosa de levar aos fãs os Jogos Olímpicos, que reúne os maiores atletas do mundo”, diz Tim Bunnell, vice-presidente sênior de produção, programação e marketing da ESPN International. “Nossa capacidade de dedicar várias redes na região para as transmissões de Londres 2012 é realmente extraordinária. Nossa equipe exclusiva de repórteres e correspondentes, muitos dos quais já cobriram vários Jogos Olímpicos, é uma garantia de que teremos um dos Jogos Olímpicos mais memoráveis e gratificantes de todos os tempos.

COBERTURA DO EVENTO

A cobertura diária do evento nas redes da ESPN será voltada aos atletas e às competições que tenham mais importância em termos das regiões e dos países. A ESPN complementará as suas transmissões dos com destaques diários dos Jogos de Londres 2012 e resumos em edições especiais do SportsCenter e programação de estúdio com temas relacionados aos Jogos Olímpicos e produzida em Londres.

Uma equipe de repórteres renomados, junto com correspondentes especiais e uma equipe de produção especializada farão dos três estúdios da ESPN International em Londres a sua casa durante o tempo de duração do evento.

Fazem parte da equipe de repórteres da ESPN Brasil: Marcelo Duarte, André Kfouri, Helvídio Mattos, João Palomino, André Plihal, e José Trajano.

Os correspondentes especiais da ESPN Brasil e ganhadores de medalhas nos Jogos Olímpicos são: Wlamir Marques (basquete, bronze em Roma 1960, e bronze em Tóquio 1964) e Ana Moser (vôlei: bronze em Atlanta 1996).

A equipe de repórteres da América do Sul para a ESPN de fala espanhola inclui Pablo Ferreira, Tito Puccetti, Miguel Simon, Juan Yankilevich e Quique Wolff. Wolff, um ex-astro internacional do futebol da Argentina, será uma das pessoas que carregará a tocha olímpica em 16 de junho em Newcastle, Inglaterra.

Os correspondentes especiais para a América do Sul de fala espanhola e ganhadores de medalhas nos Jogos Olímpicos que se unirão à equipe da ESPN para a cobertura dos Jogos de Londres 2012 serão anunciados em breve.

- Publicidade -