O famoso cineasta francês Claude Chabrol é fã declarado de Alfred Hitchcock e especialista em temas como assassinato, obsessão, adultério e armadilhas dos relacionamentos. Um de seus filmes mais importantes está em cartaz no Eurochannel no dia 6 de junho, domingo, à 0h: Ao Anoitecer (Juste Avant La Nuit, 1971), produção que rendeu à sua musa Stéphane Audran o BAFTA de Melhor Atriz.

Nascido na capital francesa em 1930, Claude Chabrol estudou Farmacologia na Universidade de Paris. Após o serviço militar, manifestou, pela primeira vez, interesse pelo cinema e trabalhou, por um breve período, no departamento de publicidade da 20th Century Fox na França. Porém, a carreira cinematográfica de Chabrol começou realmente em 1950, quando se tornou um dos lendários críticos da revista Cahiers du Cinema.

No filme, Charles Masson (Michel Bouquet), um publicitário casado, estrangula sua amante, que era a mulher de seu melhor amigo, François Tellier (François Périer). Atormentado pela culpa, Charles conta tudo para a sua esposa, Hélène (Stéphane Audran). Por esse trabalho, Stéphane levou o BAFTA de Melhor Atriz.