O canal Futura estreia o documentário “A Primeira Pedra”, que apresenta histórias reais de linchamento ocorridas em diversos locais no Brasil e mostra como a violência vem crescendo no país, muitas vezes praticada por quem se intitula “cidadão de bem”. O filme foi vencedor do 8º pitching DOC Futura, seleção promovida todos os anos pelo Canal com projetos que abordem temas de relevância social.

- Publicidade -

Dirigido por Vladimir Seixas, o documentário apresenta histórias de vítimas de linchamento, como a de Cledenilson Pereira – amarrado em um poste e morto a socos e pontapés após ser acusado de roubo – e Fabiane Maria de Jesus – espancada até a morte no Guarujá, por causa de boato na internet sobre sequestro de crianças para magia negra.

“A Primeira Pedra” também mostra a luta diária de superação dos sobreviventes André Ribeiro e Luiz Aurélio e traz relatos de pessoas que sofreram ameaças por impedir tal violência, como é o caso da estudante Mikhaila Copello e da educadora Yvonne Bezerra de Mello. As gravações aconteceram nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Maranhão e Santa Catarina.

"A Primeira Pedra" estreia no canal Futura no dia 28 de maio, às 22h30. Após a exibição, o filme ficará disponível no Futura Play, www.futuraplay.org.

- Publicidade -