No Dia da Consciência Negra, em 20 de novembro (sexta-feira), às 22h, o Canal Futura exibe o filme “Orí”, da cineasta Raquel Gerber. Resultado de dez anos de pesquisa, o longa-metragem resgata a memória do negro no Brasil e documenta seus movimentos no período de 1977 a 1988.

O documentário busca a relação entre o Brasil e África e recupera as raízes africanas no país por meio de uma linguagem poética, mas de caráter sociológico. Seu título, a palavra Ôrí, significa cabeça, que remete à consciência negra. Contemplado com o Prêmio Paul Robeson (XI Festival Pan-Africano de Cinema e da Televisão de Ouagadougou) e o Prêmio Costa Azul (5º Festival Internacional de Cinema de Tróia, em Portugal), o filme também revela a representatividade dos quilombos e restaura a imagem de Zumbi de Palmares para uma identificação positiva do homem negro na modernidade.