gnt O canal de televisão por assinatura GNT exibe neste domingo, dia 6 de outubro, a partir das 22h (ou 21h no fuso de Manaus), uma edição inédita do programa Marília Gabriela Entrevista com os atores Antônio Fagundes e Arieta Corrêa. Atualmente, os dois estão em cartaz em São Paulo na peça “Tribos”. Antônio também está no ar na novela “Amor à Vida” como César, um personagem que tem provocado debates sobre traição, homofobia e falsos moralismos.

- Publicidade -

[creditos:5bd16b4a96]
Divulgação / GNT [/creditos:5bd16b4a96]

Sobre a peça, Antônio conta que foi uma ideia do filho, Bruno Fagundes. “Foi meu filho quem viu peça nos EUA e assim que saiu do teatro me ligou chorando, falando que a gente tinha que fazer. Foi então que eu li, gostei e comprei os direitos. Aí o Bruno me convidou para fazer um papel, pequeno”, diverte-se. “Eu e o Bruno investimos uma pequena fortuna. Mas nesse espetáculo conseguimos reduzir o custo”, sinaliza. Ele e Arieta ainda falam sobre a forma como trabalham. “Somos uma cooperativa de teatro, optamos por não pedir patrocínio. Juntamos uma equipe maravilhosa. E a peça fala sobre família”, conta o ator. E ela completa, falando que todos cuidam de tudo: “A parte de cada um na cooperativa é o todo. Cada um é responsável por tudo, desde a contra-regragem até a montagem de figurino. Inclusive lavando os copos”, explica.

Durante o papo, os convidados também falaram sobre a relação do público com o teatro. “Se você fechar todos os teatros do Brasil o público vai demorar pelo menos oito meses para perceber”, estima Antônio. Para Arieta, os brasileiros não têm o costume de assistir a peças: “A gente sabe que o brasileiro não costuma ir ao teatro. Vai em média uma vez por ano”. Ela também fala sobre a preferência dos espectadores. “As pessoas buscam mais entretenimento hoje em dia. Eu gostaria que se preferisse algo mais complexo”, desabafa.

- Publicidade -