O programa “Marilia Gabriela Entrevista” deste domingo, dia 25, a partir das 22h no GNT, traz o ator Malvino Salvador como convidado. Natural do Amazonas, o ator, que cursou até o 4º ano de contabilidade, foi para São Paulo tentar a vida como modelo e logo descobriu a verdadeira vocação: ser ator! Atualmente está em cartaz com “Mente Mentira”, de Sam Sheppard. Produzida por ele, a peça teve a estreia nacional no Teatro Amazonas, em junho.

Malvino conta a Gabi que se considera uma pessoa “pilhada”. Muito falante, atribui essa característica ao fato de ter sido criado livremente, em Manaus, cidade onde nasceu. “Fui criado solto, com liberdade. Convivia com todo tipo de gente, nossos vizinhos eram na maioria estrangeiros apaixonados pela Amazônia. Eu lembro de um sueco que era casado com uma sul-africana e o filho deles era um garotinho sul-coreano adotado. Era uma pequena ONU”, relembra.

A apresentadora pergunta sobre o início da carreira como modelo em São Paulo. Ele confessa que na adolescência era muito magro e desengonçado e jamais pensou em subir numa passarela. “Participei de um desfile em Manaus e um booker me perguntou se eu não queria fazer um desfile aqui em São Paulo. Falei com meus pais, que a princípio ficaram preocupados, mas me deram força”, conta o ator.

Sobre a carreira de ator, Malvino revela que logo percebeu que tinha vocação para os palcos e se inscreveu no curso do Wolf Maya: “Fiz um teste com outros dez bailarinos. Então pensei ‘aqui sou apenas mais um, tenho que aparecer, ser abusado…’ , foi quando puxei a roupa de dança fazendo um fio dental, virei o bumbum para a plateia e comecei a rebolar. Os convidados do Wolf aplaudiram muito… Foi minha primeira experiência com o despudor fundamental que o ator tem que ter na profissão”.