history Há quem diga que os Estados Unidos não foram descobertos, mas construídos. Cornelius Vanderbilt, John D. Rockefeller, Andrew Carnegie, J.P. Morgan e Henry Ford são alguns dos nomes de homens que remetem automaticamente à inovação, audácia e à busca pelo sonho americano. Eles construíram impérios, impulsionaram avanços incríveis em tecnologia e mudaram o mundo. Visionário, criaram uma nação moderna e são celebrados no país até hoje, nomeando ruas, edifícios e institutos. "Gigantes da Indústria", série que o History Channel estreia no dia 26 de maio, domingo, às 22h, conta a trajetória e o legado desses ousados homens, contextualizando sua importância para os Estados Unidos, e do mundo.

- Publicidade -

Usando arte gráfica computadorizada que incorpora 12 milhões de negativos históricos – muitos deles liberados pela primeira vez pela Biblioteca do Congresso americano – a série traz de volta à vida o mundo que estes homens conheceram e o cenário moderno que ajudaram a criar. Ao longo dos quatro episódios, com duas horas de duração cada, o History Channel demonstra como eles partiram de uma experiência problemática com a chamada democracia e criaram a maior potência mundial. Foram estes eventos em curto prazo de 50 anos que fizeram os EUA que se conhece hoje.


"Gigantes da Indústria" conta a história de homens que mudaram os EUA
Divulgação/History

"Gigantes da Indústria" apresenta a história do impressionante crescimento da economia e sociedade americanas e destes cinco homens: Vanderbilt (um dos primeiros a acreditar que trens podiam impulsionar o transporte), Carnegie (criador da potente indústria de aço que possibilitou levantar tantos prédios em tempo recorde), Rockefeller (criador do método de refinar petróleo, padrão em todo o mundo), Morgan (banqueiro a dar o primeiro passo para o sistema financeiro moderno) e Ford (cujas fábricas produziram os primeiros automóveis acessíveis às massas). Foi seu trabalho e influência que estabeleceram políticas económicas e promoveram intervenções em fatos históricos como a Guerra de Secessão, a Primeira Guerra Mundial e a Grande Depressão dos anos 1930. Além das dramatizações, o programa traz entrevistas exclusivas com gigantes empresariais da atualidade, como Steve Case, Mark Cuban, Donny Deutsch, Carly Fiorina, Alan Greenspan, Dick Parsons, Ron Perelman, T. Boone Pickens, Charles Schwab, Jack Welch e Steve Wozniak, que também se miram na história desses homens audaciosos.

No episódio de estreia, em uma cruzada para reconstruir uma nação destruída pela Guerra de Secessão, Cornelius Vanderbilt é o primeiro a ver a necessidade de união e assim recuperar sua posição no mundo. Ele vende sua empresa de transporte para investir tudo nos em vias ferroviárias, certo de que era a melhor estratégia para conectar o leste ao oeste dos Estados Unidos, como nunca antes havia sido feito. Nesse mesmo período, o querosene ilumina as noites do país, a demanda de petróleo alcança seu pico e Vanderbilt contata um jovem petroleiro empreendedor de Ohio, John Rockefeller, para desenvolver um bom combustível para seus trens.

"Gigantes da Indústria" estreia no dia 26 de maio, às 22h no History Channel.

- Publicidade -