No último sábado (05), a Globo lançou na Comic Con Experience, principal feira de cultura pop do Brasil que aconteceu em São Paulo, a série "Supermax". Com elementos de "Lost", "The Walking Dead", "Jogos Vorazes" e "Big Brother", a nova produção traz um misto de terror psicológico, ficção científica e horror.

- Publicidade -

A série leva, na ficção, doze participantes para um reality show ambientado numa prisão de segurança máxima na busca por um prêmio de 2 milhões. Só que, no primeiro dia de confinamento, toda a ideia do programa de TV cai por terra, o apresentador (no caso, Pedro Bial) e a produção desaparecem. Largados à mercê nesse ambiente inóspito, os participantes terão de enfrentar mistérios que cercam o local e lidar com os seus próprios fantasmas e medos. E ainda descobrirem que compartilham de um passado em comum.

Dirigida por José Alvarenga Jr., a produção reuniu alguns dos mais promissores escritores do cinema, TV e literatura brasileira. Assumem a autoria de "Supermax", Bráulio Mantovani ("Cidade de Deus" e "Tropa de Elite"), Marçal Aquino ("O Caçador" e "O Invasor"), Fernando Bonassi ("Os Matadores" e "Carandiru"), Carolina Kotscho ("A Teia" e "2 Filhos de Francisco"), além de Dennison Ramalho (colaborador de José Mojica Marins), Juliana Rojas ("Sinfonia da Necrópole" e "Trabalhar Cansa"), os escritores Raphael Draccon (autor da trilogia “Dragões de Éter”) e Raphael Montes (do romance “Suicidas”).

Na Comic Con Experience foi exibido um clipe com cenas inéditas de "Supermax". No painel de nome homônimo, os autores e diretor revelaram ainda detalhes do processo de concepção da série, como os encontros quinzenais, batizados de writting rooms, para discussão dos detalhes da trama. "Com essa dinâmica, tivemos a oportunidade de unir criativos de diferentes influências e know how sobre alguma parte da história. Assim, conseguimos construir uma narrativa a partir de um universo amplo de referências, necessárias para deixar esse trabalho tão completo", revelou Alvarenga.

Carolina Kotsho reforçou a importância dos encontros para a construção de ‘Supermax’. "Brinco que a experiência foi como colocar oito jamantas em uma rua estreita. Assim como os 12 personagens que estávamos criando, nós também estávamos no limite. E isso foi fundamental para conseguirmos construir a história dessas pessoas que, abandonadas na Amazônia, passam por experiências com uma intensidade brutal, em que tudo vem à tona, desde seus desejos até todos os defeitos”, comentou a roteirista.

A série que contará com 12 episódios na primeira temporada, terá no elenco Cleo Pires, Mariana Ximenes, Erom Cordeiro, Maria Clara Spinelli, Fabiana Gugli, Vania de Brito, Ademir Emboava, Rui Ricardo Diaz, Nicolas Trevijano, Ravel Andrade, Harildo Deda e Bruno Belarmino. "Supermax" estreia no primeiro semestre de 2016.

- Publicidade -