O Comitê Olímpico Internacional anunciou nesta quinta-feira, dia 27 de agosto, que as emissoras Globo e Bandeirantes foram vencedoras da concorrência pelos direitos de transmissão dos Jogos Olímpicos de Verão de 2016 e dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2014.

- Publicidade -

De acordo com o comunicado da Rede Globo, "diante do desafio de tornar possível a aquisição dos direitos sobre os jogos em uma época de crise econômica mundial, as duas mais tradicionais redes de televisão aberta na área de esportes decidiram combinar esforços e apresentaram uma proposta que teve por objetivo a compra dos direitos não exclusivos de transmissão dos Jogos Olímpicos em televisão aberta, e, em caráter de exclusividade, dos direitos de internet, televisão fechada, rádio e telefonia móvel".

Ao quebrar o tradicional modelo de se fazer uma oferta por todos os direitos de transmissão em caráter de exclusividade, Globo e Bandeirantes não só venceram a concorrência e asseguraram o acesso aos direitos a um custo compatível com a perspectiva dos Jogos Olímpicos de 2016 serem no Rio, bem como permitiram que o COI, após assegurar os recursos oferecidos por Globo e Bandeirantes, ainda pudesse oferecer os direitos não exclusivos de televisão aberta às demais redes brasileiras.

- Publicidade -