Segundo a história contada cronologicamente pelos evangelhos, Jesus foi preso numa quinta-feira à noite, julgado, flagelado e crucificado na sexta-feira. No final do dia seguinte, sábado judaico, ele foi enterrado, e no domingo, quando ao amanhecer, ele ressuscitou. "Jesus: Os 40 Dias", especial que o History estreia no dia 2 de Abril, segunda-feira, às 21h, narra o que acontece a partir daí, quando Ele passa mais 40 dias entre os homens antes de ascender aos céus. Segundo os Atos dos Apóstolos (escrito por São Lucas), no final desse período, Jesus conduziu os apóstolos até ao Monte das Oliveiras, de onde lhes deu as últimas instruções.

- Publicidade -


"Jesus: Os 40 Dias" será exibido na segunda-feira, dia 2
Divulgação/The History Channel

O Novo Testamento revela muito pouco sobre este milagre determinante para a fé cristã, mas o programa investiga relatos pouco conhecido em outras fontes, como o Evangelho de São Tomás, o Evangelho de Maria Madalena, A Revelação Secreta de João. São também determinantes para essas novas linhas de pensamento os escritos do historiador judeu Flavio Josefo, conhecido por também ter registrado a queda de Jerusalém em 70 d.C, no embate contra o imperador romando Vespasiano e seu filho Tito. As obras de Josefo oferecem informações sobre a sociedade judaica da época, bem como sobre o período que viu a separação definitiva do cristianismo.

Também no dia 2 de Abril, segunda-feira, às 23h, o canal estreia o documentário "Jornada do Tesouro Sagrado", que viaja na história para decifrar as romarias para locais sagrados e conta um pouco mais sobre os devotos que viajam a Jerusalém, Roma, Nuremberg, Israel, França e Espanha, geralmente para reafirmarem sua fé e religião.

- Publicidade -