Sorte é o que sucede quando a preparação e a oportunidade se encontram e se fundem”. É com essa frase do escritor francês Voltaire que Gabi apresenta a convidada Ludmilla. O papo com a cantora será a última exibição do programa “Marília Gabriela Entrevista” e vai ao ar no próximo domingo, dia 27 de dezembro, às 23h, no GNT.

Com apenas 20 anos de idade, ela já é um fenômeno musical, faz mais de 20 shows por mês e é uma das recordistas em visualizações na internet. Sobre essa agenda tumultuada, Gabi pergunta se ela já se deprimiu. “Já. Quando eu estou triste, não estou a fim de passar maquiagem e nem de olhar para ninguém, converso com Deus. Eu sei que é muito olho grande em cima de mim, muita gente me desejando mal, mas minha carreira foi uma coisa que pedi tanto, que peço força e orientação a ele”.

Ludmilla será musa da escola de samba Acadêmicos do Salgueiro e ainda foi convidada para cantar com Roberto Carlos no especial de fim de ano da Globo. “Quando falaram que eu ia cantar com o Rei, quase tive uma caganeira. Na minha cabeça ele vivia em um lugar onde ninguém poderia alcançá-lo. Mas ele é um amor de pessoa, o homem mais gentil que eu já conheci na minha vida”.

A funkeira fala também sobre o xingamento preconceituoso que recebeu recentemente nas redes sociais. “Me importar eu me importo, mas parei de me irritar. Já estou cansada disso. Se acontecer de novo, vou tomar medidas porque para mim já deu”, conta.

Marília Gabriela aproveita para esclarecer os rumores sobre o suposto namoro com o modelo Oslã Araújo. Aos risos, Ludmilla responde que não está namorando. “A gente não chama a nossa relação de nada. Gosto dele, conversamos muito e temos muita afinidade. Ando com ele para cima e para baixo”.