O diretor de núcleo Roberto Talma morreu na madrugada de hoje, dia 23 de abril, no Rio de Janeiro, aos 65 anos, em decorrência de insuficiência renal crônica e doença arterial coronariana. Roberto Talma estava internado no Hospital Samaritano, zona sul do Rio, desde o dia 02 de março.

- Publicidade -

Roberto Talma Vieira nasceu no dia 29 de abril de 1949, em São Paulo. Sua família era proprietária de um circo no interior do estado. A mãe era bailarina e o pai trabalhou na televisão como coordenador de programação da TV Rio. Começou a carreira profissional aos nove anos, na TV Record paulista, no programa ‘A Grande Gincana Kibon’, onde se apresentava com um grupo de sapateado.

No início da década de 1960, mudou-se com a família para o Rio de Janeiro, trabalhou durante algum tempo na TV Rio, passando também pela TV Excelsior e pela TV Tupi, até ser contratado pela Globo, no dia 1º de abril de 1969. Nessa época, além do trabalho na televisão, Talma também fazia incursões na música e no teatro, apresentando-se com um conjunto musical e atuando em algumas peças.

O velório acontecerá no sábado, 25, a partir das 11h, no Memorial do Carmo, no Caju. A cremação ocorrerá no mesmo dia, às 15h, em cerimônia reservada à família. Roberto Talma deixa 3 filhos: Raphael Bethlem Vieira, Stephan Borges Vieira e Matheus Faloppa Vieira.

- Publicidade -