Por que é tão difícil ser uma pessoa normal que tem amigos? Essa é a pergunta que não quer calar na cabeça de Tetê (Klara Castanho) em “Confissões de uma Garota Excluída”, novo filme que estreia nesta quarta (22) na Netflix. Baseado no divertido best-seller Confissões de uma “Garota Excluída, Mal-amada e (Um Pouco) Dramática”, da escritora Thalita Rebouças, o longa que se passa no Rio de Janeiro conta a história de uma menina que, aos 16 anos, não se sente aceita na escola, nem em casa.

- Publicidade -

Quando os pais de Tetê, desempregados, precisam se mudar para a casa dos avós dela, a adolescente é obrigada a recomeçar em outro colégio. Ela vai tentar de tudo para não sofrer bullying novamente e, quem sabe, fazer amigos e ter uma vida social. As populares Valentina (Júlia Gomes) e Laís (Fernanda Concon) não vão facilitar, mas os igualmente excluídos Davi (Gabriel Lima) e Zeca (Marcus Bessa) podem se tornar aliados e, inclusive, ajudar a abrir caminho para os crushes Erick (Lucca Picon) e Dudu (Caio Cabral).

Em casa, a convivência com os pais e avós amorosos – mas um tanto quanto peculiares – também não vai tornar a vida da protagonista muito fácil. O núcleo familiar cômico de Tetê é formado por Júlia Rabello, Stepan Nercessian, Rosane Gofman e Alcemar Vieira. O novo lar, as novas amizades, os crushes, as pressões, algumas situações esquisitas e o amor próprio se tornam desafios para essa garota que só gostaria de poder ser ela mesma.

“Confissões de uma Garota Excluída” estreia dia 22 de setembro na Netflix.

- Publicidade -