Eles estão em todos os lugares: no trabalho, na vizinhança, redes sociais, perfis sedutores em sites de relacionamento e até mesmo dentro de sua casa. Disfarçam seus desejos homicidas sob comportamentos socialmente aceitos, mas nada garante que conseguirão conter o impulso de realizá-los. Eles são psicopatas e sua presença é mais comum do que se imagina.

- Publicidade -

A partir de terça-feira (03), o ID exibe sua nova produção original, “Sinais de um Psicopata” (Signs of a Psycopath), e com ela analisa evidências de casos reais para demonstrar o momento exato no qual as fantasias de morte e tortura se transformaram no ato homicida. Em episódios com duração de meia hora cada, sendo dois exibidos em sequência, a série recorre a entrevistas com especialistas para desvendar fatos que, mais tarde, mostrariam-se parte de um enredo macabro planejado por psicopatas.

Com a ajuda dos depoimentos de especialistas em psicologia forense e de materiais de arquivo – entre fotos e vídeos amadores, além de registros oficiais de interrogatórios e ligações para o serviço de emergência da polícia – a série apresenta as circunstâncias de cada crime e dá a ideia do impacto imensurável gerado pelo encontro fatídico com um psicopata.

Das primeiras demonstrações de comportamento patológico, ainda na infância, aos crescentes episódios de falta de compaixão e empatia, a produção destaca quais são os principais “Sinais de um Psicopata” indícios de mentes que desafiam as convenções, desconsideram os sentimentos que chamamos de nobres, ludibriam e manipulam pessoas próximas com carisma calculado, colocando em xeque o pacto social.

“Sinais de um Psicopata” estreia dia 03 de agosto, às 22h15 no Investigação Discovery.

- Publicidade -