Todos os dias, cerca de vinte mil passageiros solicitam entrada no Canadá por Vancouver. Enquanto alguns estão acostumados com a dificuldade de passar pela imigração, outros têm razões legítimas para se sentirem nervosos. Falsos turistas em busca de trabalho, visitantes agressivos com contrabando, drogas escondidas em brinquedos, e armas disfarçadas de celulares fazem parte do dia a dia da Agência de Proteção das Fronteiras do Canadá. A nova série do A&E, Barrados na Fronteira, traz um olhar revelador e dinâmico sobre as fronteiras e a linha de frente da segurança nacional.

- Publicidade -

A docussérie acompanha os oficiais de imigração do Canadá enquanto eles interceptam suspeitos e contrabando vindo de todo o mundo, num esforço para manter o país e seu ecossistema em segurança. Em cada episódio, as câmeras mostram os agentes interrogando passageiros que podem ou não estar escondendo alguma coisa. Os suspeitos reagem das mais diversas formas – mentem, discutem, se fazem de vítima, alegam ignorância e ameaçam entrar com ação judicial. Mas não são páreo para as táticas investigativas dos oficiais e as tecnologias utilizadas.

Os oficiais questionam, examinam, inspecionam, utilizam raio-x nos passageiros e seus pertences, devastando os buracos em suas histórias. Para os telespectadores, é sempre empolgante saber como os segredos dos passageiros suspeitos são revelados. Barrados na Fronteira traz as grandes apostas, revelações bizarras e os conflitos cômicos que fazem parte da rotina dos agentes de proteção das fronteiras, fazendo com que o telespectador pense duas vezes antes de considerar esconder alguma coisa na bagagem ao viajar.

A série chega ao A&E no dia 12 de janeiro, às 22h, com episódio duplo. Na edição de estreia, um texano traz seu equipamento de caça e um trailer cheio de troféus estranhos. Malas cheias de alimentos podem custar muito mais do que valem para três alunos chineses. Um americano aprende tarde demais sobre as leis canadenses com relação a drogas. E o passado criminoso ameaça manter um turista australiano longe da mulher que ama.

Em seguida, às 22h30, uma holandesa com uma quantidade enorme de bagagem alega que só veio passar quatro dias de férias. Um pacote vindo da China contém uma surpresa chocante. Uma arma é encontrada no carro de um homem em liberdade condicional e o ator Corey Feldman explica seu histórico criminoso.

- Publicidade -