Nesta quinta-feira (12), a série “Absoluta Convicção” (True Conviction) chega à sua terceira temporada, trazendo episódios inéditos no Investigação Discovery. Apresentada pela promotora Anna-Sigga Nicolazzi, a produção continua a revelar como se deu o desfecho jurídico de casos de homicídio, a partir do entrelaçamento entre os argumentos da acusação e os achados do inquérito policial.

- Publicidade -

Anna-Sigga trabalha há mais de duas décadas na promotoria e sabe que os crimes são solucionados na rua, com o resultado do trabalho intenso de investigadores e policiais, mas os processos só são concluídos quando os julgamentos expõem acusações cuidadosamente construídas, com base nos dados apresentados no inquérito.

Em episódios de uma hora, cada um deles com foco em um crime, Anna-Sigga entrevista promotores, investigadores e familiares das vítimas – em depoimentos exclusivos, essas fontes mostram as duas faces do mesmo caso: o trabalho incansável na solução dos crimes e as esperanças daqueles que precisam honrar a memória de seus entes queridos que foram cruelmente assassinados. Ou seja, por trás da austeridade e isenção, há um turbilhão de emoções e expectativas.

As falas também revelam os bastidores da investigação e da etapa jurídica: a tensão que antecede o julgamento, as decisões cruciais que detetives e promotores tomaram no transcorrer das investigações e dos processos, os motivos que os levaram a privilegiar determinada abordagem e os reveses que sofreram durante sua busca por justiça. Além das entrevistas, a série compila áudios, fotos e vídeos reais que compuseram o inquérito.

A 3ª temporada de “Absoluta Convicção” estreia dia 12 de agosto, às 21h25 no ID.

- Publicidade -