A operadora de multisserviços Oi investiu na Região Centro-Oeste mais de R$ 689 milhões de janeiro a setembro de 2020, com foco na expansão da fibra ótica. Com a sua estratégia de ampliar o número de casas conectadas com a Oi Fibra, a companhia registrou aumento (de janeiro a setembro desse ano) de mais de 162% no número de clientes no Mato Grosso, 210% no Mato Grosso do Sul, 143% em Goiás e 150% no Distrito Federal.

Segundo último relatório da Anatel referente a setembro, a Oi Fibra tem a preferência dos clientes de internet por fibra ótica no estado, sendo líder em número de novos usuários de fibra ótica no período. A operadora disponibiliza a Oi Fibra nas cidades de Cuiabá, Rondonópolis e Sinop (MT), Campo Grande e Dourados (MS), Águas Lindas de Goiás, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Cidade Ocidental, Goiânia, Morrinhos, Novo Gama e Rio Verde (GO) e Brasília (DF). No Região centro-Oeste, a companhia conta com 236 mil clientes em fibra e mais de 924 mil casas passadas aptas para receber o serviço.

A Oi segue com o seu plano de transformação em curso, que tem estratégia centrada nos investimentos em infraestrutura de fibra ótica, que possibilitam expansão da banda larga residencial, e que dão sustentação também para as atividades no segmento empresarial, no mercado B2B e no Atacado. No mercado corporativo, a companhia vem investindo em soluções digitais por meio da Oi Soluções, onde registrou aumento de 52,7% em receita de TI no Mato Grosso, 62% no Mato Grosso do Sul e 6,2% em Goiás.

A infraestrutura de fibra ótica da companhia é estratégica para a Oi Soluções pois suporta as soluções de TI oferecidas ao mercado e que demandam estabilidade da rede com elevada taxa de conexão.