O programa Profissão Repórter, da Rede Globo, exibe nesta terça-feira (22/07), às 23h15, uma reportagem especial nas "linhas do tiro" espalhadas em todo o país. A atração vai mostrar o drama de quem vive perto da violência, e que sofrem com o risco de serem atingidos por um tiro à qualquer momento.

- Publicidade -

O jornalista Caco Barcellos estará em Recife, a capital com o maior número de homicídios no país, e vai mostrar o relato de uma mãe que perdeu os cinco filhos homens que teve. A repórter Júlia Bandeira estará no Rio de Janeiro, e percorrerá escolas públicas localizadas na linha de tiro entre policiais e traficantes em comunidades pobres da cidade.

No Pará, Caio Cavechini irá acompanhar o Frei Henri, que vive sob proteção policial 24 horas por dia. A morte dele já foi encomendada por R$ 50 mil. Em Campo Grande, Gabriela Lian registrará a rotina do juiz federal Odilon Oliveira, o magistrado mais protegido do país.

- Publicidade -