A Samsung anunciou que o Samsung Pay, serviço de pagamento móvel mais aceito e que funciona na maioria dos comércios hoje, chegou a um marco mundial – cerca de cinco milhões de usuários registrados processaram mais de 500 milhões de dólares nos primeiros seis meses, apresentando uma taxa de adoção forte na Coreia do Sul e nos EUA. Isso também demonstra que os usuários continuam a utilizar cada vez mais o Samsung Pay no dia a dia para sua conveniência, flexibilidade e segurança.

"Desde a sua introdução no ano passado, o Samsung Pay mudou a forma como as pessoas pagam e usam seus smartphones", disse Injong Rhee, vice-presidente executivo e Chefe de Pesquisa e Desenvolvimento de Software e Serviços do negócio de Comunicações Móveis da Samsung Electronics. "Nós já vimos uma adoção significativa dos consumidores e continuamos a ver uma grande dinâmica. Nosso objetivo é expandir o Samsung Pay para ainda mais localidades ao redor do mundo, e nossos clientes podem esperar ver mais recursos no ano que vem."

Em 2016, o Samsung Pay vai iniciar a expansão global começando com a China em março, seguida pela Austrália, Brasil, Singapura, Espanha e Reino Unido no final do ano. Além disso, o Canadá será incluído no novo roteiro de lançamento. O Samsung Pay está disponível em dispositivos Galaxy selecionados incluindo S6, S6 edge, S6 edge +, Note 5, bem como nas opções premium e intermediárias, como os modelos 2016 do Galaxy A5 e A7.

Amplo ecossistema de parceria

O Samsung Pay começou seu serviço na Coreia do Sul e nos EUA no ano passado, e agora suporta cartões de crédito e débito habilitados de mais de 70 bancos importantes e regionais.

Em 2016, o Samsung Pay vai suportar quatro grandes redes de pagamentos, incluindo American Express, China UnionPay, MasterCard, e Visa. Muitos dos principais bancos e parceiros dos países incluem Abanca, American Express, Banco do Brasil, Banco Sabadell, Bradesco, Brasil Pre-Pagos, Caixa, CaixaBank, China Construction Bank, China Everbright Bank, China Guangfa Bank, China Minsheng Banking Corp, DBS, El Corte Inglés, HSBC, Imagin, Industrial and Commercial Bank of China, Itaú Unibanco, MBNA, Nationwide Building Society, Nu Bank, OCBC Bank, Ping An Bank, Porto Seguro, Santander, Standard Chartered Bank e Transport for London (TfL).