[creditos:86089654d7]
Satélite SES-10 é lançado com sucesso no foguete reutilizado Falcon 9 (Divulgação)[/creditos:86089654d7]A SES anunciou que o satélite SES-10 foi colocado em órbita com sucesso a bordo de um foguete orbital reutilizado (que já havia sido usado em um lançamento anterior e retornado com sucesso à terra) Falcon 9 da SpaceX, às 19h27, partindo do Kennedy Space Center, Florida. O SES-10 é o primeiro satélite comercial geoestacionário lançado em um foguete já comprovado em voo anterior.

Com uma carga útil de banda Ku de 55 transponders (cada um equivalente a 36MHz), dos quais 27 são incrementais, o veículo espacial multitarefas é o primeiro satélite da SES totalmente dedicado à prestação de serviços para a América Latina, incluindo o Brasil. Os feixes flexíveis de alta potência do SES-10 aumentarão a capacidade da SES na região, fornecendo transmissão para lares e empresas, e serviços de mobilidade.

O SES-10 vai substituir a capacidade fornecida atualmente por outros satélites da SES na posição 67 graus Oeste, além de aumentar a capacidade para o México, América Central, América do Sul e o Caribe.

Conforme acordo com a Comunidade Andina (Bolívia, Colômbia, Equador e Peru), o satélite irá operar como o Simón Bolivar 2 da Comunidade Andina, fornecendo capacidade de satélite para cada país andino. O projeto de satélite Andino vem de interesses dos Estados-membros de ter uma rede de satélite comum aproveitando os recursos Andinos do espectro a 67 graus oeste.