O SBT comunicou a contratação de Reynaldo Boury, para o cargo de diretor-geral das próximas novelas do autor Tiago Santiago.

Com 55 anos de carreira em televisão, Boury começou na TV Tupi como cameraman. De 1966 a 70, foi diretor de novelas da TV Excelsior – entre suas realizações estão “Redenção” e “Sangue do Meu Sangue”.

De 1970 a 2002, dirigiu dezenas de novelas da TV Globo, como “Irmãos Coragem”, “Chega Mais”, “Plumas e Paetês”, “Ciranda de Pedra”, “Tieta”, “Sinhá Moça” (versão original) e “Sonho Meu”, entre outras.

O próximo folhetim de Tiago Santiago será "Amor e Revolução", seu primeiro trabalho original na emissora. “Uma Rosa com Amor”, exibida pelo SBT de 1° de março a 16 de agosto deste ano, foi inspirada na obra original de Vicente Sesso.

Antes de Amor e Revolução, o SBT estreará a adaptação da novelista Iris Abravanel, "Corações Feridos", prevista para o novembro próximo.