[creditos:f3b8708fdc]
SBT estreia o programa "Acontece Lá em Casa" (Divulgação)[/creditos:f3b8708fdc]Uma casa, uma psicóloga, 13 mães de verdade e uma jornalista para contar tudo para as famílias em casa. O que será que vai acontecer?

Com o objetivo de melhorar a qualidade de vida de crianças e adolescentes dentro de suas famílias, “Acontece Lá em Casa – Vivendo Melhor em Família” estreia dia 05 de março, a partir das 9h da manhã, no SBT. Um programa educativo, que vai conquistar e ajudar pais e filhos com exemplos práticos, encenações divertidas, interatividade e prestação de serviço. A ideia para a atração surgiu inspirada nas palestras, conteúdos dos seis livros e nas matérias de Betty Monteiro, em seus 40 anos dedicados à psicologia em prol da qualidade de vida das crianças e adolescentes dentro de suas famílias e no mundo.

Explorando métodos dramáticos, Betty Monteiro busca a verdade de cada história trazida pelas mães, sempre de forma bem humorada e fomentando a interatividade e identificação entre o grupo de mulheres da casa e os telespectadores. Apresentado pela jornalista Gabi Monteiro, o conteúdo educativo foi aprovado pela Ancine e traz dicas e insigths poderosos para toda a família. Foram escolhidas 13 mães de verdade para participar dos 13 episódios da primeira temporada e o recrutamento aconteceu através do site do SBT e das redes sociais do “Acontece Lá em Casa”.

Um dos desafios da produção foi o de encontrar mães que representem a diversidade da mulher brasileira e suas principais questões e dúvidas acerca da maternidade, porque tudo no programa é real. Trechos do processo de seleção das mães e os testes de vídeo serão transmitidos, ao vivo, pelas redes sociais do programa. A prova da necessidade de ajuda que as mães e suas famílias estão precisando nos tempos difíceis de hoje, foi o expressivo número de inscritas para participar da primeira temporada. A ideia é mostrar que todas as famílias sofrem com os mesmos conflitos e o que faz a diferença é a vontade de buscar ajuda misturada com coragem de mudar.

O programa também promete desmistificar o valioso papel da psicologia que como ciência tem por objetivo explicar como o ser humano pode conhecer e interpretar a si mesmo, compreender os outros e como pode interpretar e conhecer o mundo em que vive, mantendo uma constante evolução pessoal. Por isso, no “Acontece Lá em Casa” ninguém é eliminado. Ao final de cada temporada, o público em casa notará que a mudança interior se refletiu na aparência de cada mãe, pois todas sairão desta história melhores do que entraram: Umas mais leves e bem resolvidas, outras menos culpadas ou mais bonitas, mas todas, de bem com a vida e em paz com suas famílias: este é o prêmio do programa.