O programa "The Oprah Winfrey Show" é exibido de segunda a sexta, às 15h, pelo GNT. Toda semana, Oprah debate assuntos polêmicos e recebe convidados especiais. Os programas são reprisados de segunda a sexta, às 8h. Confira abaixo os destaques para esta semana.

- Publicidade -

Segunda-feira

No programa desta segunda, Oprah comenta o documentário “Waiting for Superman”, que faz um relato emocionante sobre o estado do sistema de ensino público americano através dos depoimentos esperançosos de cinco estudantes. Cada um deles está ansioso para receber uma boa educação, mas o sistema está cheio de professores ineficazes, taxas de abandono cada vez maiores e escolas que estão, literalmente, caindo aos pedaços. A única esperança é entrar em um sorteio para ganhar a oportunidade de estudar em uma escola de alto desempenho, que irá proporcionar a educação que eles precisam para ter sucesso. Ganhador do Oscar com o documentário “Uma Verdade Inconveniente”, o diretor do filme, Davis Guggenheim, espera aumentar o interesse sobre o problema das escolas públicas americanas. O fundador da Microsoft, Bill Gates, também participou do debate. Ele diz que em um país que prega a igualdade de oportunidade para todos, as escolas estão falhando por não oferecerem isso.

Terça-feira

Oprah recebe o humorista e apresentador do “The Daily Show”, Jon Stewart. Vencedor de 14 prêmios Emmy, ele conta um pouco da sua vida e do seu trabalho. A outra convidada do show é a cantora Liza Minelli. A artista divulga o seu novo trabalho, “Confessions”. Ela conversa com a apresentadora sobre o novo disco e depois apresenta algumas canções que estão no novo álbum.

Quarta-feira

Neste programa, a apresentadora entrevista a mais famosa refém do mundo, Ingrid Betancourt, com exclusividade. Ela foi sequestrada pelo grupo guerrilheiro Farc e mantida no cativeiro no meio da selva colombiana por seis anos e meio. A ex-candidata à presidência da Colômbia escreveu um livro no qual relata o sofrimento que viveu como refém das Farc. O título do livro “Não há silêncio que não se acabe” é uma alusão a um poema do chileno Pablo Neruda. Em 700 páginas, ela conta o cotidiano no cativeiro e a intervenção política dos presidentes Hugo Chávez e Nicolas Sarkozy, determinantes para o desfecho positivo dessa história.

Quinta-feira

Sarah Shourd foi mantida refém numa prisão iraniana durante 14 meses acusada de espionagem. Ela nega que tenha cometido algum crime junto com dois companheiros americanos (ainda presos). Em sua versão, Sarah conta que estava fazendo uma trilha no Curdistão iraquiano com seu namorado e o amigo, quando os três atravessaram, por engano, a fronteira com o Irã. Sarah foi entregue aos americanos pelas autoridades iranianas após o pagamento de uma fiança de US$ 500 mil. Ela conta tudo o que viveu no tempo que passou atrás das grades.

Sexta-feira

No segundo programa sobre o tema, Oprah debate a repercussão do lançamento do documentário “Waiting for Superman”.

- Publicidade -