O filme Crash – No Limite, de Paul Haggis, premiado em 2006 com o Oscar de melhor filme, melhor roteiro original e melhor montagem, se tornou uma serie e irá ser exibida no canal de TV por assinatura Maxprime, no dia 13 de Outubro, às 22h.

O longa, ambientado em Los Angeles, contava de maneira entrelaçada as histórias de vários personagens, todos de etnias diferentes, abordando assim o delicado tema dos conflitos raciais.

A série também é situada em Los Angeles. Nessa cidade, é perigoso ter um sonho, mas é impossível não seguir um. E essa constante busca daquilo que não se pode ter fará os personagens mais inesperados se conectarem e colidirem em um mosaico social variado. De encontros casuais a relacionamentos dramáticos, LA é o combustível que pode mudar vidas para sempre.

"É interessante porque meu desejo no início era o de apresentar Crash na TV e não de realizar um produto para a telona, e agora parece que um ciclo se fechou. Estou emocionado, espero com ânsia o resultado final", disse ao "Los Angeles Times" o diretor canadense, que também foi roteirista e co-produtor do filme.


"Crash" introduziu um rol de personagens fascinantes, cujas histórias interligadas são ideais para uma adaptação à televisão, comentou Stephan Shelanski, vice-presidente executivo da programação do Starz Entertainment.

Distribuído pela Lionsgate, "Crash" é o segundo filme vencedor de um Oscar a tornar-se numa série televisiva. O filme "No Calor da Noite (In The Heat of the Night)" foi o primeiro.