A estreia da série brasileira Sem Volta no canal de televisão por assinatura A&E, no último dia 24 de março, se consolidou no target millenial, alcançando um lugar entre os 10 programas mais vistos entre pessoas 18-24 nível socioeconômico AB, e mantendo a audiência “engajada” ao ser o primeiro canal com maior ATS* (Audience Time Spending Viewing) durante sua exibição.

Na trama, um grupo de 11 montanhistas decide escalar a Agulha do Diabo, na Serra dos Órgãos, no Rio de Janeiro. Aí começa a aventura, numa história repleta de perigos e mistério, em meio à natureza, em que todos lutarão pela própria sobrevivência.

Sem Volta traz cenas de grande impacto, que vão testar os limites dos personagens e o coração do telespectador. O roteiro explora as reações humanas frente aos desafios da natureza e situações drásticas. Com idades entre 16 e 50 anos, os montanhistas embarcam em uma aventura e testarão suas habilidades. No entanto, uma série de erros e uma tromba d´água avassaladora fazem com que eles se percam e tenham de passar por uma verdadeira prova de sobrevivência. Na busca por manterem-se vivos, os personagens enfrentam também a natureza humana. E cada decisão a ser tomada pode ser fatal.

Estamos muito orgulhosos pelo A&E poder exibir para o Brasil uma espetacular e bem-sucedida série como Sem Volta, produção de alta qualidade, com um elenco conhecido do grande público e dirigido por Edgard Miranda”, afirma Eddy Ruiz, Presidente do A&E Networks Latin America.

A série foi exibida em janeiro, na TV Record, que também coproduziu Sem Volta em parceria com as produtoras Panorâmica e Chatrone. Pioneira no gênero no Brasil, a produção tem roteiro de Gustavo Lipztein e direção de Edgard Miranda.