Voyerismo, efeito vertigem, reviravoltas e planos sequência são algumas das ferramentas usadas por Alfred Hitchcock para criar tensão e envolver o espectador do início ao fim da trama. Não é a toa que o diretor é conhecido como o mestre do suspense e integra a lista dos mais influentes da indústria, que o agraciou com o prêmio Irving G. Thalberg e o Cecil B. DeMille, no Globo de Ouro. Sendo assim, o Festival 125 Anos de Cinema exibe os mais icônicos trabalhos de Hitchcock no sábado (06) e no domingo (07), no Telecine Cult.

No sábado tem a primeira parte do especial com destaque para “Janela Indiscreta” (dia 06 de fevereiro, às 22h), produção que recebeu quatro indicações ao Oscar e contou com Grace Kelly e James Stewart no elenco, e “O Homem Que Sabia Demais” (dia 06 de fevereiro, às 0h), refilmagem que levou o Oscar de Melhor Canção Original. No domingo, é a vez de “Ladrão De Casaca” (dia 07 de fevereiro, às 18h20), adaptação vencedora do Oscar de Melhor Fotografia, do clássico que dispensa comentários “Psicose” (dia 07 de fevereiro, às 20h), cuja atuação de Janet Leigh lhe rendeu o Globo de Ouro de Melhor Atriz Coadjuvante, e “Os Pássaros” (dia 08 de fevereiro, às 20h), que marcou a estreia da atriz Tippi Hedren com um Globo de Ouro por sua atuação.

Outros títulos que estão na programação incluem “O Sabotador” (dia 06 de fevereiro, às 12h20), “A Sombra De Uma Dúvida” (dia 06 de fevereiro, às 14h20), “O Terceiro Tiro” (dia 06 de fevereiro, às 16h20), “Festim Diabólico” (dia 06 de fevereiro, às 18h10), “Um Corpo Que Cai” (dia 06 de fevereiro, às 19h40), “Trama Macabra” (dia 06 de fevereiro, às 02h15), “Frenesi” (dia 07 de fevereiro, às 11h25), “Cortina Rasgada” (dia 07 de fevereiro, às 15h25) e “Marnie, Confissões De Uma Ladra” (dia 08 de fevereiro, às 0h10).

As obras do cineasta Alfred Hitchcock estão disponíveis na cinelist Festival 125 Anos de Cinema no streaming do Telecine, hub de cinema mais completo do país, que reúne mais de dois mil títulos em seu catálogo.