Na última segunda-feira (02), a Justiça brasileira ordenou as operadoras de telefonia fixa e móvel bloquearem o serviço de mensagens instantâneas WhatsApp em todo o país por 72 horas. O bloqueio ao aplicativo aconteceu para clientes de TIM, Oi, Vivo, Claro e Nextel.

- Publicidade -

Hoje (03), o desembargador Osório de Araújo Ramos Filhos, do Tribunal de Justiça de Sergipe, decidiu revogar a decisão anterior, que permite o WhatsApp a operar no Brasil. A decisão saiu no início da tarde, depois de a empresa pedir a reconsideração do parecer do tribunal, publicado nesta madrugada e que havia mantido o bloqueio do serviço. Aos poucos, as operadoras devem atualizar seus servidores DNS para permitir que o aplicativo volte a se comunicar com os servidores principais.

- Publicidade -