A programa de televisão por assinatura Turner, proprietária dos canais Esporte Interativo divulgou comunicado de imprensa nesta sexta-feira, dia 18 de setembro, no qual nega cobrar valores altos pela transmissão dos canais Esporte Interativo.

Recentemente, ganhou manchetes em diversos sites a informação que os canais estariam sofrendo boicote por conta de outra programadora com participação em algumas operadoras. Em resposta, as operadoras afirmaram extraoficialmente que os valores exigidos pela Turner seriam abusivos.

Confira na íntegra:

A Turner acredita na verdade e na transparência com nossos telespectadores e parceiros. Informações incorretas tem sido disseminadas no mercado alegando que a Turner estaria cobrando um alto preço pelos canais Esporte Interativo e que as operadoras de tv paga estariam protegendo seus assinantes ao impedir o acesso aos canais Esporte Interativo.

Essa informação é absolutamente falsa – na realidade a Turner ofereceu os canais Esporte Interativo a um custo inferior a qualquer outro canal de esportes relevante. Na verdade nós estávamos prestes a assinar acordos com algumas operadoras de tv paga importantes quando misteriosamente algumas delas decidiram desistir dos acordos. Nenhuma delas citou o preço como razão para a súbita desistência, o que nos deixou surpresos e sem entender as razões pelas quais as operadoras estão decidindo se negar a oferecer conteúdos tão relevantes quanto a Liga dos Campeões da Europa e tantos outros que os canais Esporte Interativo transmitem com exclusividade aos amantes de esportes do Brasil.

A Turner tem uma longa história de comprometimento com o Brasil e seu mercado de TV Paga e fará tudo que for necessário para levar os canais Esporte Interativo para todos os assinantes de TV Paga do mercado brasileiro. Manteremos todos informados porque acreditamos que vocês merecem saber sempre a verdade.