A TV Cultura traz o documentário inédito "Tomie Ohtake", dirigido por Helio Goldsztejn. O longa, que até o mês passado esteve em cartaz no cinema, foi produzido pela emissora com o apoio do Instituto Tomie Ohtake, e retrata a vida da grande dama da pintura que nos deixou em 2015, aos 101 anos.

- Publicidade -

Ao recontar a história da pintora por meio de uma grande saga, desde os tempos em que ela ainda vivia no Japão, passando por sua chegada ao Brasil ainda na década de 1930, a permanência no país por conta da eclosão da Guerra, o início de uma nova vida no bairro da Mooca até os tempos de reconhecimento artístico de público e crítica; o documentário propõe um olhar não só em relação à renomada pintora, escultora e gravurista, mas também em relação à mulher Tomie Ohtake; uma dona de casa que – após ter criado e educado os filhos Ruy e Ricardo – lança-se numa improvável aventura em direção à carreira de artista, fascinando o mundo das artes plásticas.

O documentário traz ainda a presença de importantes figuras do pensamento e da arte contemporânea no Brasil, como o professor Miguel Chaia, o crítico Agnaldo Farias, artistas como Leda Catunda, Paulo Pasta, Jac Leirner, Carmela Gross e Regina Silveira, além de especialistas na obra de Tomie como Paulo Miyada e Olívio Tavares de Araújo, os filhos Ruy e Ricardo Ohtake, amigos e familiares.

"Tomie Ohtake" estreia dia 25 de janeiro, às 23h30 na TV Cultura.

- Publicidade -