No Dia Mundial da Água, celebrado em 22 de março, neste domingo, a TV Cultura abre discussão para o assunto e leva ao ar um pacote de atrações que vai desde um debate com especialistas até matérias especiais no Repórter Eco, Matéria de Capa e Metrópolis. No ar a partir das 15h30.

- Publicidade -

Dia Mundial da Água – Uma Reflexão para o Futuro é o primeiro programa. Trata-se de um debate sobre o cenário atual da água no Brasil, variações climáticas, compartilhamento dos recursos hídricos, agricultura, energia, entre outros assuntos. A apresentação é da jornalista do Repórter Eco, Márcia Bongiovanni. Vai ao ar às 15h30, com transmissão ao vivo.

Às 17h30, o Repórter Eco destaca a importância do Dia Mundial da Água e exibe matérias que apontam alternativas para o consumo controlado do recurso. A primeira reportagem acompanha o trabalho de um grupo que combate o desperdício de água em São Caetano, na Grande São Paulo. Inspirado em ação realizada em Los Angeles, nos Estados Unidos, a Patrulha, como eles se denominam, fiscaliza e orienta moradores que ainda usam mangueira para lavar carro ou garagem. A segunda matéria gira em torno de uma invenção, já patenteada, que condensa a água que está do ar e a transforma em líquido purificado e pronto para beber.

Em programa dedicado à data, o Matéria de Capa dá destaque para as campanhas da Organização das Nações Unidas sobre a água e entrevista Juliana Cibim, doutora em assuntos hídricos, professora da FAAP (Fundação Armando Álvares Penteado) e membro do IDS – Instituto Democracia e Sustentabilidade. No ar às 19h30.

Fechando o ciclo de especiais, o Metrópolis visita a exposição Veracidademundana, em cartaz na galeria A7MA, na Vila Madalena, em São Paulo, e entrevista Mundano, um dos artistas. A mostra é composta por telas, esculturas e instalações que interseccionam assuntos como água, cidade, meio ambiente e política. O programa, que vai ao ar às 20h, também acompanha a exibição do documentário canadense Marcas da Água – Watermark, em São Paulo, e entrevista o jurista Eduardo Muylaert e a arquiteta e coordenadora da Aliança pela Água, Marussia Whately.

- Publicidade -