unotel Depois de realizar investimentos de mais de US$ 1 milhão e de ter trabalhado para que a solução da Oversi se tornasse viável às pequenas operadoras (ISP’s), a Unotel decidiu tomar algumas medidas para encerrar unilateralmente sua parceria com a Oversi, empresa incorporada pela Allot.

- Publicidade -

Para entender melhor os fatos, a solução foi adquirida por aproximadamente 35 pequenas operadoras (ISP’s). Hoje, mesmo após um ano de trabalho, o software ainda está instável e não atingiu a performance ofertada. Os serviços também não foram todos disponibilizados e as empresas que contrataram a solução acabaram perdendo a confiança, fazendo com que o uso do produto fosse descontinuado.

Várias operadoras simplesmente já desistiram de utilizar a solução e compraram outros tipos de solução. Ou seja, tiveram que efetuar um novo investimento em tecnologia e, além disso, ainda estão amargando o prejuízo da solução da Oversi/Allot, por não ter funcionado da forma como foi ofertado. Agora estes clientes irão cobrar na justiça pelos prejuízos e danos causados. Depois que a Allot assumiu a Oversi as coisas pioraram e eles estão arrastando essa situação há meses, mas até o momento nenhuma das promessas foi cumprida. Devido a todos estes acontecimentos, não tivemos outra alternativa senão a de entrarmos na justiça para ressarcir os prejuízos de cada instituição”, explica Orlando Ferreira Neto, presidente da Unotel.

Ainda segundo o presidente, a Unotel espera que com esta ação judicial a Allot compreenda melhor a situação das empresas em questão e trabalhe no sentido de solucionar os problemas e os prejuízos causados durante a parceria firmada.

- Publicidade -