Você está lendo um tópico
Novo Tópico Responder Mensagem 

Papo Aberto > Política   
Catalunha declara independência da Espanha
As mensagens são de responsabilidade de seus autores.
Este tópico possui Mensagens 7 respostas e Visualizações 497 visitas.


Ricardo em 27 Out 2017 - 12:20       Administração
anos | Ago 2003 | Mensagens: 5878 | Monterrey - México
  
 

Catalunha declara independência da Espanha

Fonte: http://br.rfi.fr/europa/20171027-catalunha-decl...dencia-da-espanha

O Parlamento catalão proclamou nesta sexta-feira (27), por meio de uma sessão plenária no Parlamento de Barcelona, a independência da região autônoma do resto da Espanha.

A resolução unilateral foi apresentada pela maioria independentista, um desafio inédito na história da democracia espanhola.

"Que comece a sessão", declarou a presidente da Câmara, Carme Forcadell. Em seguida, um representante da oposição, Carlos Carrizosa, afirmou que a moção independentista "destrói o mais sagrado: a coexistência".

O Senado espanhol também está reunido em Madri em sessão extraordinária nesta sexta-feira, a pedido do governo de Mariano Rajoy, para suspender o autogoverno catalão, pela primeira vez em quatro décadas.

Dezenas de milhares de manifestantes separatistas saudaram a declaração de independência do lado de fora do Parlamento catalão, com gritos e aplausos.

A última tentativa da Catalunha de declarar sua independência remonta a 1934, quando o então presidente da região, Lluis Companys, proclamou uma "República Catalã" dentro de uma "República Federal da Espanha".

Reação de Madri

O chefe do governo espanhol, Mariano Rajoy, pediu calma e prometeu "restaurar a legalidade na Catalunha", alguns minutos após a proclamação da independência da região pelo Parlamento de Barcelona.

"Exorto todos os espanhóis a se acalmarem: o estado de direito irá restaurar a legalidade na Catalunha ", escreveu Rajoy no Twitter.


Responder com Citação   




marcelocentroserra em 27 Out 2017 - 12:57       
anos | Out 2004 | Mensagens: 290 | Sobradinho - RS
  
 

Galicia TV via Hispasat e France 24 e RT espanhol via intelsat 21.





[/img]


Responder com Citação   

leco em 27 Out 2017 - 18:13       
anos | Abr 2006 | Mensagens: 847 | Curitibanos - SC
  
 

Vamos ver os desdobramentos.

Responder com Citação   

CRISPIM em 27 Out 2017 - 18:49       Moderação
anos | Fev 2006 | Mensagens: 7422 | Itajaí - SC
  
 

A Catalunha não tem nenhum apoio de outras Nações bélicas, e o governo central da Espanha deverá dissolver a Assembleia da Província e destituir o Líder rebelde da governança LOCAL.


Abs.


Responder com Citação   

leco em 27 Out 2017 - 22:33       
anos | Abr 2006 | Mensagens: 847 | Curitibanos - SC
  
 

Se é o desejo unânime deles , quem é o resto do mundo para criticar? Eles não se sentem espanhóis tem mais que brigar por isso. Diferente daqui , cuja história é outra. Como disseram no Facebook, nem o lixo reciclável separamos , mas queremos nos separar do Brasil.

Responder com Citação   

CRISPIM em 27 Out 2017 - 22:43       Moderação
anos | Fev 2006 | Mensagens: 7422 | Itajaí - SC
  
 

Senado espanhol aprova intervenção na Catalunha

,,,, https://www.msn.com/pt-br/noticias/mundo/senado-...Au8a0i?li=AAggXC1


Responder com Citação   

WJS® em 28 Out 2017 - 11:57       
anos | Jun 2016 | Mensagens: 67 | Bebedouro - SP
  
 

Vice-presidente da Espanha assume funções da presidência da Catalunha
Medida é uma das primeiras movimentações após destituição do governo da região autônoma. Soraya Sáenz coordenará tarefas pelo menos até 21 de dezembro, data das eleições regionais.


Por G1
28/10/2017 08h37 Atualizado há 2 horas



A vice-presidente da Espanha, Soraya Sáenz de Santamaria, chega para coletiva de imprensa do presidente, Mariano Rajoy, no Palácio da Moncloa, em Madri (Foto: AP Photo / Paul White)


A vice-presidente da Espanha, Soraya Sáenz de Santamaría, assumiu a maior parte das funções da presidência e vice-presidência da Catalunha, segundo decreto publicado no Boletim Oficial do Estado (BOE) no início deste sábado (28).

A medida faz parte das primeiras movimentações após a destituição do governo da Catalunha, determinada por um Conselho de Ministros convocado pelo chefe de governo espanhol, Mariano Rajoy, nesta sexta (27). A decisão tirou Carles Puigdemont do cargo de presidente da região autônoma, demitiu outras autoridades e dissolveu o Parlamento catalão.

Com a mudança, os poderes de chefe da região ficariam com Rajoy, que delegou a Soraya a coordenação de tarefas ligadas a finanças, segurança e comunicação, entre outras. Ela terá a ajuda de ministros que assumiram 11 conselhos catalães.
A vice-presidente será a principal responsável por administrar a Catalunha pelo menos até 21 de dezembro, data em que a população deve eleger um novo parlamento regional nas eleições convocadas pelo governo espanhol.


Josep Lluis Trapero durante julgamento na Suprema Corte, em Madri (Foto: Javier Barbancho/Reuters)


Chefe da polícia destituído

Também neste sábado, o governo da Espanha destituiu Josep Lluis Trapero como chefe dos Mossos d'Esquadra, responsável pela polícia autônoma catalã. A ordem partiu do ministério do Interior espanhol, assinada por seu titular, Juan Ignacio Zoido, que assumiu as competências da área no governo regional da Catalunha.

A gestão de Trapero durante a consulta independentista, realizada em outubro na Catalunha, foi controversa. Ele foi acusado de crime de insurreição pela Audiência Nacional espanhola, que considera que ele não agiu adequadamente durante o referendo.

Mas sua destituição não integrava o pacote de iniciativas anunciadas na sexta por Rajoy, incluídas na aplicação na Catalunha do artigo 155 da Constituição, aprovada previamente pelo Senado.

O artigo 155 dispõe sobre a intervenção em uma região autônoma do país. Sua aplicação foi aprovada no Senado por 214 votos a favor e 47 contra. A decisão ocorreu logo após o Parlamento regional da Catalunha aprovar o início do processo de independência da região.



Responder com Citação   

CRISPIM em 3 Nov 2017 - 17:29       Moderação
anos | Fev 2006 | Mensagens: 7422 | Itajaí - SC
  
 

Líderes separatistas catalães são presos; MP pede detenção de ex-governador

Oito independentistas que integravam gabinete do governo catalão deposto por Madri são enviados para penitenciárias, incluindo o líder nas pesquisas para a eleição regional de 21 dezembro; militantes se mobilizam contra ações da Justiça e da Procuradoria
260


Andrei Netto, Enviado Especial / Barcelona, O Estado de S.Paulo
02 Novembro 2017 | 14h04
Atualizado 02 Novembro 2017 | 20h50
BARCELONA - Oito líderes separatistas que integravam o governo catalão destituído por Madri foram presos nesta quinta-feira, 2, após solicitação do Ministério Público espanhol, sob acusação de praticar os crimes de rebelião e desvio de verbas públicas. Os procuradores pediram também a detenção do governador deposto da Catalunha, Carles Puigdemont, refugiado na Bélgica.

+aqui http://internacional.estadao.com.br/noticias/ge...lgica,70002070238


Responder com Citação   







Enviar Mensagens Novas: Proibído
Responder Tópicos Proibído
Editar Mensagens: Proibído
Excluir Mensagens: Proibído
Votar em Enquetes: Proibído






VCVIP
Usuário:  
Senha:  
Lembrar 
Cadastre-se!
Agora na TV revista eletronica
Boa Tarde Fox - Vivo
15:30 - 17:30
Superman IV: Em Busc..
15:53 - 17:31
Masterchef Júnior Ar..
16:24 - 18:00
Sessão Combate - UFC..
16:30 - 17:00
Devious Maids
16:00 - 17:00
Mundosat
RGS
E shop Satelite

Compare no BuscapÉ



SIGA-NOS

Facebook   Twitter   Youtube

VCFAZ.TV NO CELULAR

App Android   Telegram

FALE CONOSCO

E-mail    Fórum Ajuda

ACESSO RÁPIDO

Na Televisão: Últimas Notícias |  Novelas |  Sinal Aberto |  Ao vivo |  Guia de TV
Colunas: Estreias |  Ubaldo |  FabioTV |  No Controle
Fóruns de Debate: Equipamentos |  Esportes |  Feeds |  NET Claro |  Oi |  On Demand |  Papo Aberto |  Política |  Promoções |  Satélite |  SKY |  Tech |  TV |  Vivo | 
Sobre o vcfaz.tv: Fale Conosco |  Parcerias |  Regras de Participação |  Ajuda | 
Powered by phpBB © 2001, 2002 phpBB Group