Você está lendo um tópico
Novo Tópico Responder Mensagem 

Papo Aberto > Política   
Marcelo Odebrecht entrega nota fiscal de pagamento a filme de Lula
As mensagens são de responsabilidade de seus autores.
Este tópico possui Mensagens 3 respostas e Visualizações 580 visitas.


CRISPIM em 13/2/18, 18:24       Moderação
anos | Fev 2006 | Mensagens: 8468 | Itajaí - SC
  
 

Marcelo Odebrecht entrega nota fiscal de pagamento a filme de Lula

Empreiteiro comprometeu-se com a Operação Lava Jato em auxiliar a investigação que apura o financiamento à cinebiografia sobre a vida do ex-presidente

Julia Affonso, Ricardo Brandt e Luiz Vassallo
12 Fevereiro 2018 | 06h15


Foto: Reprodução

O empreiteiro Marcelo Odebrecht entregou à Operação Lava Jato uma nota fiscal no valor de R$ 250 mil e um comprovante de pagamento à produção do filme ‘Lula, o filho do Brasil’. O financiamento do longa é alvo de investigação da Polícia Federal.

Marcelo Odebrecht é delator da Lava Jato, cumpre prisão domiciliar em São Paulo. Ele foi ouvido pela PF em dezembro do ano passado quando ainda estava custodiado.

+ Executivos da Odebrecht relatam em e-mail ‘demanda’ de R$ 1 mi para filme sobre Lula
+ Para executivo da Odebrecht, ‘Lula, filho do Brasil’ era ‘um tipo de louvação maléfico’

Na ocasião, o empreiteiro ‘se disponibilizou a auxiliar a investigação e a buscar, por meio da sua defesa, junto à Odebrecht S.A., empresa leniente, cópias de registros sobre eventual apoio financeiro dado à produção do filme ‘Lula, o filho do Brasil’.

“O colaborador (Marcelo Odebrecht) também está comprometido a identificar, no âmbito da pesquisa que fará nos registros constantes do seu computador, todos aqueles documentos e informações que possam ser úteis à elucidação deste e de outros fatos investigados”, afirmou a defesa.

A nota fiscal de número 2930 tem data de vencimento de 4 de maio de 2009. Um trecho do recibo indica a discriminação dos serviços.

“Cota de patrocínio da obra intitulada ‘Lula, o filho do Brasil’. Conforme contrato”, aponta a nota emitida pela produtora Filmes do Equador, do cineasta Luiz Carlos Barreto.

A cinebiografia do ex-presidente Lula estreou em 1º de janeiro de 2010 e custou cerca de R$ 12 milhões.

O filme conta a história de Lula, desde a infância dramática no sertão de Pernambuco, aborda sua chegada a São Paulo no pau de arara, as dificuldades que enfrentou ao lado da família, o trabalho na indústria metalúrgica, as históricas campanhas grevistas dos anos 1970 que marcaram o ABC paulista e a ascensão ao topo do sindicato que o consagrou e impulsionou sua trajetória política.

‘Lula, o filho do Brasil’ é uma biografia baseada no livro homônimo da jornalista Denise Paraná.

O ex-presidente foi condenado pela Lava Jato em 1.ª e 2.ª instâncias no caso do triplex do Guarujá (SP). Em 24 de janeiro, o Tribunal Regional Federal da 4.ª Região aumentou a pena do petista para 12 anos e 1 mês de prisão em regime fechado por corrupção e lavagem de dinheiro. Lula havia sido condenado pelo juiz federal Sérgio Moro, em julho do ano passado, a nove anos e seis meses de prisão.

Além de Marcelo Odebrecht, o ex-ministro Antonio Palocci (Casa Civil/Fazenda-Governos Lula e Dilma) foi convocado para prestar depoimento. O ex-ministro foi questionado, em 11 de dezembro, pelo delegado Filipe Hille Pace sobre a relação que supostamente teria com a produção do filme. O ex-ministro declarou, na ocasião, que ‘deseja colaborar na elucidação de tais fatos’, mas que ficaria em silêncio.

Quando o caso foi revelado, o produtor do longa, Luiz Carlos Barreto, negou que tenha ocorrido tráfico de influência. Barreto disse também que negou o pedido de omissão feito pela Odebrecht.

“Houve uma solicitação para que não incluíssemos o nome da empresa nos créditos do filme e dos materiais publicitários, condição essa que não foi, por nós, aceita”, afirmou.

A Odebrecht informou que está “colaborando com a Justiça”.

A defesa do ex-presidente Lula não comentou.

FONTE: http://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-mac...-a-filme-de-lula/


Responder com Citação   




Larry.Tate em 13/2/18, 19:06       
anos | Out 2007 | Mensagens: 2846 | São Paulo - SP
  
 

Mas o que prova essa nota fiscal?
Se o dinheiro foi utilizado no filme, e nos créditos do filme apareceu o nome da empreiteira não vejo nada demais, cada um investe na porcaria que quer. A não ser que houve algum tipo de coação para obrigar a construtora a investir neste "blockbuster" do PT.


Responder com Citação   

CRISPIM em 13/2/18, 23:20       Moderação
anos | Fev 2006 | Mensagens: 8468 | Itajaí - SC
  
 

Jamais a Odebrecht poderia financiar o filme de uma autoridade pública.
Corrupção ativa e recebimento de vantagens com o Estado.

Será que o Lula irá negar que o filme não é dele? Suspeito


Responder com Citação   

xoto em 14/2/18, 11:14       
anos | Out 2003 | Mensagens: 845 | Ilhéus - BA
  
 

Primeiro de tudo... defendo que todos os suspeitos sejam investigados e condenados se for confirmado, sem essa ideologia de partido ou lado.
Estou do lado da verdade... verdadeira.

Mas partido pela neutralidade... temos dois pontos:

1º PONTO DE VISTA: Lula inocente.
Os adversários podem ter muito bem armado para ter o patrocínio da empreiteira afim de amarrar Lula a um esquema que ele nunca participou.

2º PONTO DE VISTA: Lula culpado.
Se sim, o cara eh retado! Nada melhor que promover sua história... Não tem investimento melhor que esse e sem rastro claro de envolvimento.

Eu, dentro do meu pequeno mundo, penso que se uma empresa é condenada por qualquer coisa ilegal, automaticamente o CEO dessa empresa é preso pois não lhe cabe o direito de dizer “eu não sabia”, já que cabe a ele ter total domínio do negócio, não digo o operacional, mas ter equipe e procedimentos que garantam a legalidade (auditorias, controles internos e governança eficaz).

Se tratando de politica, pra mim deve ser na mesma linha....
-Se não sabia foi porque não soube administrar bem o patrimônio público.
-Se sabia mas não participou, pra mim foi conivente pois sabia que tinha coisa errada e não gritou aos quatro ventos, nem tah abrindo o jogo. Ou seja além de não saber administrar bem o patrimônio público, omitiu-se sobre um problema sobre seu gerenciamento.
- Se participou mesmo que indiretamente, com benefícios indiretos... culpado tal como os outros.
- Se recebeu proprina diretamente... não precisamos nem discutir o resultado.


Responder com Citação   







Enviar Mensagens Novas: Proibído
Responder Tópicos Proibído
Editar Mensagens: Proibído
Excluir Mensagens: Proibído
Votar em Enquetes: Proibído




VCVIP
Usuário:  
Senha:  
Lembrar 
Cadastre-se!
Agora na TV revista eletronica
Hedwig - Rock, Amor ..
00:30 - 02:05
Justiça Animal
00:12 - 01:12
Walt nos Bastidores ..
22:40 - 00:52
Desastre da Terra
23:55 - 01:20

 
Sinal aberto
AMC
11/08 a 28/08
SKY Pré-pago
MTV
20/08 a 30/08
SKY Pré-pago
Space
24/08 a 3/09
SKY Pré-pago
Paramount Channel
31/08 a 9/09
Oi, SKY e Vivo

RGS
E shop Satelite

SIGA-NOS

Facebook   Twitter   Youtube

VCFAZ.TV NO CELULAR

App Android   Telegram

FALE CONOSCO

E-mail    Fórum Ajuda

ACESSO RÁPIDO

Na Televisão: Últimas Notícias |  Novelas |  Sinal Aberto |  TV Ao vivo |  Guia de TV
Colunas: Estreias |  Ubaldo |  FabioTV |  Cinema
Fóruns de Debate: Equipamentos |  Esportes |  Feeds |  Filmes e Séries |  NET Claro |  Oi |  Papo Aberto |  Política |  Promoções |  Satélite |  SKY |  TV |  Vivo | 
Sobre o Vcfaz: Fale Conosco |  Parcerias |  Regras de Participação |  Ajuda | 

Powered by phpBB © 2001, 2002 phpBB Group