Você está lendo um tópico
Novo Tópico Responder Mensagem 

Papo Aberto   
Brasil chega a 13,7 milhões de desempregados, diz IBGE
As mensagens são de responsabilidade de seus autores.
Este tópico possui Mensagens 3 respostas e Visualizações 751 visitas.


Paulo.es em 27/4/18, 21:43       
anos | Dez 2006 | Mensagens: 1590 | Vitória - ES
  
 

Brasil chega a 13,7 milhões de desempregados, diz IBGE


Com o avanço, taxa de desemprego no Brasil sobe 11,2% em relação ao trimestre anterior, quando havia 12,3 milhões de pessoas sem ocupação

O desemprego no Brasil subiu para 13,1% no primeiro trimestre de 2018, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No último trimestre de ano passado, a taxa era de 11,8%. Em março de 2017, o desemprego havia ficado 13,7%.
Leia também: Governo federal receberá R$ 148 bilhões do BNDES em agosto

Com a elevação indicada pelo IBGE , o total de desempregados no País chegou a 13,7 milhões, um aumento de 11,2% em relação ao trimestre anterior, quando havia 12,3 milhões de pessoas sem ocupação. Na comparação com o primeiro trimestre de 2017 (14,2 milhões de desocupados), houve queda de 3,4%.

A parte ocupada da população, que está em 90,6 milhões, caiu 1,7% em relação ao último trimestre do ano passado, quando era de 92,1 milhões. Em relação ao primeiro trimestre de 2017, no entanto, houve um aumento de 1,8%, pois o número de ocupados era de 88,9 milhões. Dessa forma, o nível de ocupação chegou a 53,6%, abaixo dos 54,5% do trimestre anterior, mas acima dos 53,1% do primeiro trimestre de 2017.

Emprego formal
Em relação aos empregados com carteira de trabalho assinada, o número chegou 32,9 milhões, queda de 1,2% (408 mil pessoas) ante o trimestre anterior e de 1,5% (menos 493 mil pessoas) na comparação com o primeiro trimestre do ano passado.

Já o número de empregados sem carteira assinada ficou em 10,7 milhões de pessoas, uma redução de 402 mil pessoas em relação ao último trimestre de 2017, mas uma alta de 5,2% de 533 mil pessoas em relação ao primeiro trimestre do ano passado.

Setores
A avaliação por setores, na comparação com o último trimestre de 2017, metade dos dez grupamentos de atividades pesquisados tiveram queda na população ocupada, com destaque para a construção, cujos ocupados recuaram 5,6% (uma perda de 389 mil postos de trabalho). Outros cinco grupamentos se mantiveram estáveis.

Ao comparar com o primeiro trimestre do ano passado, três grupamentos registraram alta no total da população ocupada, com destaque para outros serviços, cujos postos de trabalho cresceram 10,4%. A construção foi o único grupamento com queda de 4,1%. Seis grupamentos ficaram estáveis.

No caso do rendimento médio real habitual do trabalhador brasileiro, segundo os dados do IBGE , o valor foi de R$ 2.169 no primeiro trimestre deste ano, relativamente estável tanto em relação ao último trimestre do ano passado quanto na comparação com o primeiro trimestre daquele ano.

*Com informações da Agência Brasil

Fonte: Economia - iG @ http://economia.ig.com.br/2018-04-27/ibge-desemprego.html


Responder com Citação   




Ademir em 28/4/18, 18:03       
anos | Abr 2008 | Mensagens: 4676 | Paranavaí - PR
  
 

Rapaz....e pelo preço que esta o dolar, os combustíveis, gás, e outros produtos que quando sobe encarecem tudo, e faz a economia estagnar, esse número tende a aumentar!

Responder com Citação   

mario.barreto em 29/4/18, 10:35       
anos | Mar 2008 | Mensagens: 163 | Rio de Janeiro - RJ
  
 

mais a maior contribuiçao para isso e a falta de obras dos governos em seus estado .as grandes obras acabaram ai se foram os empregos esse pessoal tem que qualificar e procurarem outros trabalhos.

Responder com Citação   

Ademir em 29/4/18, 15:44       
anos | Abr 2008 | Mensagens: 4676 | Paranavaí - PR
  
 

As empresas atingidas pela operação Lava Jato eram o centro de grandes cadeias produtivas, geradoras de emprego, renda e impostos, no setor de petróleo, construção cível e do agronegócio.

Aos invés da "justiça" identificar e punir os empresários e políticos corruptos (e corruptores) ligados a essas empresas, de forma irresponsável (ou intencional) destruíram as empresas, como se elas fossem as culpadas pelos crimes de seus gestores.

O Brasil vai demorar muitos anos para recuperar essas cadeias produtivas, e por consequência os empregos.

Se é que um dia recuperaremos, pois grande parte dessas empresas atuava com exportação, e perderam espaço no mercado exterior e já foram substituídas por empresas de outros países.


Responder com Citação   







Enviar Mensagens Novas: Proibído
Responder Tópicos Proibído
Editar Mensagens: Proibído
Excluir Mensagens: Proibído
Votar em Enquetes: Proibído




VCVIP
Usuário:  
Senha:  
Lembrar 
Cadastre-se!
Agora na TV revista eletronica
Quem dá Mais?
09:30 - 10:00
VT de Eventos
07:00 - 13:00
Caçadores Noturnos
09:15 - 10:00
Sobral - O Homem Que..
09:00 - 10:30

 
Sinal aberto
AMC
11/08 a 28/08
SKY Pré-pago
MTV
20/08 a 30/08
SKY Pré-pago
Space
24/08 a 3/09
SKY Pré-pago
Paramount Channel
31/08 a 9/09
Oi, SKY e Vivo

RGS
E shop Satelite

SIGA-NOS

Facebook   Twitter   Youtube

VCFAZ.TV NO CELULAR

App Android   Telegram

FALE CONOSCO

E-mail    Fórum Ajuda

ACESSO RÁPIDO

Na Televisão: Últimas Notícias |  Novelas |  Sinal Aberto |  TV Ao vivo |  Guia de TV
Colunas: Estreias |  Ubaldo |  FabioTV |  Cinema
Fóruns de Debate: Equipamentos |  Esportes |  Feeds |  Filmes e Séries |  NET Claro |  Oi |  Papo Aberto |  Política |  Promoções |  Satélite |  SKY |  TV |  Vivo | 
Sobre o Vcfaz: Fale Conosco |  Parcerias |  Regras de Participação |  Ajuda | 

Powered by phpBB © 2001, 2002 phpBB Group