Vcfaz.tv
Agora na TV Friends
13:26 - 13:51
Experimente
13:00 - 14:00
Primeiro Dia de Um Ano Qu...
13:30 - 15:00
revista eletronica  
Moderador O Vcfaz está com inscrições abertas para novos moderadores e colaboradores. Veja aqui como fazer parte da equipe!
    Você está lendo um tópico
Novo Tópico Responder Mensagem 

Papo Aberto   
Gerente gay é demitido de banco após postar vídeo com noivo no Facebook
As mensagens são de responsabilidade de seus autores.
Este tópico possui Mensagens 15 respostas e Visualizações 921 visitas.
1, 2  Próximo


Ricardo em 6 Abr 2017 - 23:59       Administração
anos | Ago 2003 | Mensagens: 5487 | Pontes e Lacerda-MT
  
 


Gerente gay é demitido de banco após postar vídeo com noivo no Facebook

Fonte:http://istoe.com.br/gerente-gay-e-demitido-de-banco-apos-postar-video-com-noivo-no-facebook/



Um gerente de uma agência do Itaú Unibanco da cidade de São Paulo foi demitido poucos dias após postar no Facebook um vídeo no qual é pedido em casamento pelo noivo. A denúncia de homofobia foi levada ao Sindicato dos Bancários do Estado de São Paulo, que entrou com denúncia contra o banco. O funcionário batia todas as metas e ganhou, em um ano e meio de trabalho, dez prêmios por desempenho. Ele afirma que sua gestora justificou o desligamento por motivo de ‘postura’.

“A demissão foi chocante. Ganhei prêmios em praticamente todos os meses em que trabalhei após o período de treinamento. Foi muito decepcionante porque eu gostava da empresa e batia todas as minhas metas”, declarou ao E+ o ex-funcionário, que pediu para não ter a identidade revelada por receio de ter dificuldades em conseguir um novo emprego na área.

O ex-gerente é formado em administração, tem pós-graduação em gestão e trabalhava no Núcleo de Relacionamentos de Gerentes do Itaú Unibanco. Ele afirma que há meses recebia intimações de sua gestora para “melhorar a postura” – entre as orientações, usar ternos, calças e camisas “menos justos”.

‘Puxão de orelha’

O funcionário alega que levou pelo menos dois “puxões de orelha” por conta de sua postura no recebimento de dois grandes prêmios por bom desempenho.

No primeiro, ele teria sido recomendado, de forma sutil, a controlar os trejeitos. “Dentre mais de 300 gerentes, ganhei dois troféus no mesmo dia. Quando anunciaram meu nome, eu subi ao pódio do meu jeito extrovertido, como sou. Depois, o superintendente falou para minha gestora que eu deveria me soltar menos, ter menos entusiasmo e mais postura para pegar o prêmio”, afirmou. A orientação seria refeita outra vez, em outro prêmio de destaque recebido meses depois.

O bancário explica que, à época, não levou o caso para o sindicato por medo de perder o emprego. Contudo, diz que passou a conviver com comentários da chefia acerca de suas roupas. “O preconceito, hoje, é mais silencioso, não é escrachado. De forma bem discreta, eles diziam: ‘seja mais homem. A ‘postura’ que eles falavam era sobre eu ser gay. Minha gestora falava muito sobre a ‘imagem do banco'”, afirmou.

Demissão

O desligamento ocorreu no dia 10 de março, pouco dias após o funcionário retornar de uma viagem de férias em Florianópolis. No litoral, ele foi pedido em casamento pelo namorado – e o vídeo do pedido foi compartilhado com os amigos no Facebook. Ao voltar à agência, a surpresa: uma semana depois o bancário foi demitido. “Qual é a coerência disso? O banco espera resultados, e eu alcançava meus objetivos, então a que se deve minha demissão?”, questiona.

O ex-gerente hoje move uma ação trabalhista contra o Itaú Unibanco por danos morais e discriminação. “É muito desagradável. Estudei, fiz faculdade e me esforcei no emprego. Eu não queria estar em casa de manhã dando entrevista, queria estar trabalhando para sustentar minha família”, observa.

Em nota, o Sindicato dos Bancários do Estado de São Paulo afirma que tem um histórico de combater qualquer tipo de discriminação e que esse é um tema que infelizmente gera casos, mas que “eles são devidamente tratados para que não se repitam”. A nota segue: “Esperamos que essa denúncia seja um exemplo do que não deve ser feito porque a sociedade não vai mais admitir um comportamento preconceituoso”.

Itaú

Após ser contatado pelo E+, o Itaú Unibanco enviou uma nota na qual declara que a demissão do gerente não foi por discriminação e que repudia situações de homofobia, dentro ou fora da instituição.

O banco afirma que não foi procurado pelo jornal do Sindicato, onde a denúncia foi divulgada, mas que enviou “comunicado esclarecendo os reais motivos do desligamento, que nada têm a ver com a situação citada”.

A nota diz que a instituição entende a pluralidade como algo fundamental, visto que os clientes são diversos, portanto os colaboradores também precisam ser. “Possuímos o Ombudsman, um canal voltado aos colaboradores que tem como função escutar, registrar e avaliar questões relacionadas ao ambiente de trabalho, com total sigilo entre os envolvidos”, diz o texto.

O E+ procurou novamente o banco para saber qual seria o real motivo da demissão, mas a assessoria de imprensa respondeu que não poderia esclarecer a questão “por motivos de confidencialidade”.


Responder com Citação    




Leandro Miranda em 7 Abr 2017 - 0:50       
anos | Nov 2004 | Mensagens: 255 | Porto Alegre - RS
  
 


q tristeza esse brasil Chorando

Responder com Citação    

JOÃO BATISTA ALVES FILHO em 7 Abr 2017 - 3:58       
anos | Fev 2016 | Mensagens: 30 | Juazeiro - BA
  
 


Bem feito, se ficasse na miúda, estaria empregado. Alegre 2

Responder com Citação    

Emilio em 7 Abr 2017 - 9:04       
anos | Jul 2006 | Mensagens: 699 | Ourinhos - SP
  
 


Cuidado minha gente ao opinar! Vocês podem ser taxados de homofóbicos! ! ! Quem é contra neste país tem que engolir em seco, porque a norma é aprovar tudo quanto são aberrações. Até as leis estão legalizando condutas extrovertidas, inibindo a educação familiar nos moldes antigos, dando aval ao estabelecimento de carteirinhas às . . .

Responder com Citação    

nelsonme em 7 Abr 2017 - 9:15       
anos | Fev 2006 | Mensagens: 285 | Itapetininga - SP
  
 


Nesse area eu não comento pois posso ser renponsabilizado.

Responder com Citação    

HighlanderCarioca em 7 Abr 2017 - 10:04       
anos | Out 2014 | Mensagens: 691 | Rio de Janeiro - RJ
  
 


Tem que investigar isso a fundo, na agência que eu tenho conta tem um funcionário gay e me parece que ele não é descriminado. Se for verdade, vai se dar bem e receber uma baita indenização!

Responder com Citação    

Paulo.es em 7 Abr 2017 - 11:13       
anos | Dez 2006 | Mensagens: 1002 | Vitória - ES
  
 


Esse aí tá rico. Vai ganhar uma bolada em indenização. Se saiu na imprensa, é porque ele já tá tomando as atitudes cabíveis.
Cabe à empresa provar que ele foi demitido por outro motivo que não sua sexualidade.

Conheço uma agência que o gerente é gay. Se for mal profissional, independente do que faz na vida privada, tem que ser punido como qualquer outro funcionário.

O que interessa para os clientes é ser bem atendido. Nada pior do que um funcionário ruim, em qualquer setor. O banco tem que se preocupar com isso.

Todo mundo sabe que o Brasil é racista. A maioria da população tem preconceito disfarçado contra os negros.
Quem concorda com o banco nesse caso, se o motivo for confirmado, automaticamente concorda com o fato de se excluir gerentes negros pra atender os clientes, já que aqui não se avalia a capacidade do funcionário, mas a intimidade.

Então, muito cuidado meu povo. Quem é preconceituoso com gay, também é com negros, deficientes, etc
Se aceita em segregar alguém por sua aparência ou intimidade, é capaz de fazer o mesmo com qualquer um. E não pode criticar ninguém que o faça.

A verdade é que muitos só aprendem quando pagam a língua, da maneira mais dolorosa pra eles...


Responder com Citação    

Ademir em 7 Abr 2017 - 11:33       
anos | Abr 2008 | Mensagens: 3039 | Paranavaí - PR
  
 


Se homofobia for o motivo, processa o Banco e tira uma grana violenta!

Essa é a única linguagem que esses boçais entendem!


Responder com Citação    

paulo motta em 7 Abr 2017 - 19:18       
anos | Jul 2014 | Mensagens: 257 | São Paulo - SP
  
 


As pessoas simplesmente confundem os fatos e querem colocar tudo por conta do preconceito, seja ele homo fóbico, racial ou por questões religiosas.

O fato é que o profissional em questão tem que entender que dentro de uma organização e em eventos promovidos pela organização, principalmente quando se trata de evento de divulgação de resultados, mesmo que seja um evento em clima festivo como era os que ele participou deve se manter uma postura adequada, pelo que foi descrito ele mantinha uma postura inadequada, esbanjando vulgaridade, e foi repreendido duas vezes por seu comportamento, e isso principalmente pelo fato de ter função de gestor, e isso cabe para qualquer excesso seja ele por alcoolismo, por vulgaridade feminina ou quaisquer outros comportamentos que não condizem com o momento.

Vale ressaltar que jamais a instituição praticou atitudes homofóbicas, pois manteve ele na função, mesmo após estes fatos, antes de ser demitido ele foi advertido, portanto ele deveria ter mudado sua postura, ele não mudou, portanto ele mereceu ser demitido e é claro que não foi por ele ter postado um vídeo no face, é que a batata dele já estava assando pelas suas atitudes inconvenientes e indisciplina, agora ele vem com essa conversinha fiada de homofobia? Que Ele na próxima empresa mude suas atitudes e seu comportamento porque eu jamais gostei de ser atendido por gay por eles serem vulgares e não respeitarem eu como cliente mas quando sou atendido por um coloco um basta nas cantadas porque eles simplesmente são muito atrevidos.


Responder com Citação    

Rafa! em 7 Abr 2017 - 20:39       
anos | Mai 2006 | Mensagens: 1738 | São Paulo - SP
  
 


paulo motta escreveu
As pessoas simplesmente confundem os fatos e querem colocar tudo por conta do preconceito, seja ele homo fóbico, racial ou por questões religiosas.

O fato é que o profissional em questão tem que entender que dentro de uma organização e em eventos promovidos pela organização, principalmente quando se trata de evento de divulgação de resultados, mesmo que seja um evento em clima festivo como era os que ele participou deve se manter uma postura adequada, pelo que foi descrito ele mantinha uma postura inadequada, esbanjando vulgaridade, e foi repreendido duas vezes por seu comportamento, e isso principalmente pelo fato de ter função de gestor, e isso cabe para qualquer excesso seja ele por alcoolismo, por vulgaridade feminina ou quaisquer outros comportamentos que não condizem com o momento.

Vale ressaltar que jamais a instituição praticou atitudes homofóbicas, pois manteve ele na função, mesmo após estes fatos, antes de ser demitido ele foi advertido, portanto ele deveria ter mudado sua postura, ele não mudou, portanto ele mereceu ser demitido e é claro que não foi por ele ter postado um vídeo no face, é que a batata dele já estava assando pelas suas atitudes inconvenientes e indisciplina, agora ele vem com essa conversinha fiada de homofobia? Que Ele na próxima empresa mude suas atitudes e seu comportamento porque eu jamais gostei de ser atendido por gay por eles serem vulgares e não respeitarem eu como cliente mas quando sou atendido por um coloco um basta nas cantadas porque eles simplesmente são muito atrevidos.

Concordo em gênero, número e grau!! Se o cara quer fazer "viadisses", que faça fora do ambiente de trabalho.


Responder com Citação    

1, 2  Próximo






Enviar Mensagens Novas: Proibído
Responder Tópicos Proibído
Editar Mensagens: Proibído
Excluir Mensagens: Proibído
Votar em Enquetes: Proibído






VCVIP
Usuário:  
Senha:  
Lembrar 
Cadastre-se!
Mundosat
E shop Satelite

Compare no BuscapÉ



SIGA-NOS

Facebook   Twitter   Youtube

VCFAZ.TV NO CELULAR

App Android   Telegram

FALE CONOSCO

E-mail    Fórum Ajuda

ACESSO RÁPIDO

Na Televisão: Últimas Notícias |  Novelas |  Guia de TV
Colunas: Agenda de estreias |  Entrevista |  FabioTV |  No Controle
Fóruns de Debate: Equipamentos |  Esportes |  Feeds |  NET Claro |  Oi |  On Demand |  Papo Aberto |  Política |  Promoções |  Satélite |  SKY |  Tech |  TV |  Vivo | 
Sobre o vcfaz.tv: Fale Conosco |  Parcerias |  Regras de Participação |  Ajuda | 
Powered by phpBB © 2001, 2002 phpBB Group