Vcfaz.tv
Agora na TV Emergências Médicas
04:45 - 05:30
Teoria da Conspiração
04:07 - 06:26
Peter Pan - Ao Vivo!
03:25 - 06:00
revista eletronica  
Moderador O Vcfaz está com inscrições abertas para novos moderadores e colaboradores. Veja aqui como fazer parte da equipe!
    Você está lendo um tópico
Novo Tópico Responder Mensagem 

Papo Aberto > Esportes   
Londrino tem o seu legado olímpico cinco anos depois dos Jogos
As mensagens são de responsabilidade de seus autores.
Este tópico possui Mensagens 1 respostas e Visualizações 1288 visitas.


Larry.Tate em 22 Jul 2017 - 22:38       
anos | Out 2007 | Mensagens: 2293 | São Paulo - SP
  
 

Parque Olímpico Rainha Elizabeth vira ponto de encontro dos moradores da capital britânica, com atividades e lazer

Glauco de Pierri, enviado especial a Londres*, O Estado de S.Paulo
22 Julho 2017 | 17h00

“Para o legado olímpico ser completo, a população precisa estar envolvida em tudo. Ou nada vai funcionar”. É assim, direto ao ponto, que Ben Fletcher, diretor de estratégias, comunicação e marketing do Parque Olímpico Rainha Elizabeth, na região leste da capital britânica, explica ao Estado o sucesso de público do local cinco anos após os Jogos de 2012. O segredo? Planejamento, execução e gestão caminharam juntos desde o início do processo. Sempre com o foco no público.

Região de Stratford, área ao leste de Londres. Ao descer da estação de metrô ou trem, quem está ali sai dentro do maior shopping center da cidade. Alguns passos depois, novos empreendimentos residenciais e comerciais já prontos e uma série de outros em obras surgem no horizonte. Ao atravessar a rua, você está dentro do imponente parque, com gente de todas as idades aproveitando os 2.500 m2 de áreas verde, lazer e esportes. O legado olímpico em Londres é realidade.

“Nós pensamos no legado para a população desde o dia em que fomos escolhidos como sede”, diz Fletcher. Londres foi eleita em julho de 2005. Além do planejamento para Olimpíada e Paralímpiada, o governo montou e executou um plano de ação que determinaria os rumos dos equipamentos e locais esportivos após a competição.

“Após o fim dos Jogos, ficamos fechados porque precisávamos adaptar toda a estrutura para receber o público. Recebemos críticas, algumas diziam sobre gentrificação de Stratford. Dez anos atrás, o local era um bairro abandonado e ele se transformou. Novos empreendimentos foram surgindo, e outros vão ser construídos – alguns começarão obras em 2020. Temos agora as novas estações de trem e metrô, acessibilidade completa, shopping center ao lado do parque. São coisas que atraem os frequentadores, que passam a usar o local com frequência”, diz Fletcher.

A reportagem do Estado acompanhou em Londres a disputa do Mundial de Atletismo Paralímpico neste mês. Muita gente foi ao estádio para ver as provas. E outros aproveitavam o parque para relaxar, praticar exercícios, estudar e almoçar.

Na terça-feira, por exemplo, um grupo de cerca de 50 crianças fez aulas de educação física no gramado do parque, e não na escola. “Nós precisamos do povo. Não adianta ter uma estrutura magnífica, um parque olímpico impecável, sem ninguém frequentando. O que fazemos é seguir o plano original, criar atrativos às pessoas. Além do shopping, temos parque de diversões, restaurantes, sorveteria, lojas, aluguel de bicicletas. Temos interação com o londrino.”

O Rio poderia se inspirar em Londres para destinar o uso dos equipamentos olímpicos? A pergunta lhe foi feita porque ele esteve nos Jogos de 2016. “É difícil falar. São duas cidades diferentes, nem sempre o que se aplica a uma, daria certo na outra. É preciso ter um acerto entre os governos federal, estadual e municipal. Um plano que defina os rumos e que ações sejam executadas. Acredito que é possível o Brasil encontrar sua solução”, acredita Fletcher.

Três perguntas para Ben Fletcher, diretor do Parque Olímpico de Londres

1. Quais são as estratégias para manter o Parque Olímpico com público no ano?

Nós pensamos em atrativos para a população, como os mundiais de Atletismo, o futebol. Mas já tivemos competições de alto nível de natação, ciclismo, entre outras.

2. Os frequentadores podem usar os equipamentos esportivos?

Sim, sem dúvida. Alguns nós cobramos uma pequena taxa, mas a maior parte é gratuita.

3. Qual conselho você daria para os administradores do Parque do Rio?

Não posso avaliar de longe, mas sempre digo que a população precisa participar. A partir daí, as coisas podem dar certo.

http://esportes.estadao.com.br/noticias/jogos-o...jogos,70001900022


Responder com Citação    




Larry.Tate em 23 Jul 2017 - 15:13       
anos | Out 2007 | Mensagens: 2293 | São Paulo - SP
  
 

Como está o legado olímpico na cidade do Rio de Janeiro?
A população está aproveitando o legado assim como está em Londres?


Responder com Citação    







Enviar Mensagens Novas: Proibído
Responder Tópicos Proibído
Editar Mensagens: Proibído
Excluir Mensagens: Proibído
Votar em Enquetes: Proibído






VCVIP
Usuário:  
Senha:  
Lembrar 
Cadastre-se!
Mundosat
E shop Satelite
RGS

Compare no BuscapÉ



SIGA-NOS

Facebook   Twitter   Youtube

VCFAZ.TV NO CELULAR

App Android   Telegram

FALE CONOSCO

E-mail    Fórum Ajuda

ACESSO RÁPIDO

Na Televisão: Últimas Notícias |  Novelas |  Guia de TV
Colunas: Agenda de estreias |  Entrevista |  FabioTV |  No Controle
Fóruns de Debate: Equipamentos |  Esportes |  Feeds |  NET Claro |  Oi |  On Demand |  Papo Aberto |  Política |  Promoções |  Satélite |  SKY |  Tech |  TV |  Vivo | 
Sobre o vcfaz.tv: Fale Conosco |  Parcerias |  Regras de Participação |  Ajuda | 
Powered by phpBB © 2001, 2002 phpBB Group