Vcfaz.tv
Agora na TV O Funeral do Nosso Melhor...
10:45 - 12:25
Extravagâncias
11:36 - 12:24
C.S.I
11:50 - 12:34
revista eletronica  
Moderador O Vcfaz está com inscrições abertas para novos moderadores e colaboradores. Veja aqui como fazer parte da equipe!
    Você está lendo um tópico
Novo Tópico Responder Mensagem 

Papo Aberto > Política   
Equipe econômica já trabalha com rombo de até R$ 159 bilhões este ano
As mensagens são de responsabilidade de seus autores.
Este tópico possui Mensagens 4 respostas e Visualizações 210 visitas.


ardoss em 1 Ago 2017 - 13:27       
anos | Abr 2006 | Mensagens: 860 | Craíbas - AL
  
 

Embora tenha assumido o compromisso, há um ano, de que o rombo das contas do governo não ultrapassaria os R$ 139 bilhões em 2017, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, já admite mudanças. O 'Estadão/Broadcast' apurou que a revisão da meta fiscal de 2017 terá como limite o rombo das contas do governo no ano passado, que alcançou R$ 159,5 bilhões ou 2,54% do Produto Interno Bruto (PIB). Isso significa uma liberdade para aumentar o déficit projetado para este ano em até R$ 20 bilhões. Meirelles avisou à equipe que tomará a decisão final até 31 de agosto, quando será enviado ao Congresso o projeto de Orçamento do ano que vem. A meta fiscal de 2018, que permite um déficit de até R$ 129 bilhões, também deverá ser revista.
Na segunda-feira, 31, o ministro Meirelles admitiu que estuda rever o compromisso feito há um ano de que os gastos públicos neste ano não superariam a arrecadação com impostos, sem contar os juros da dívida pública, em até R$ 139 bilhões. "Em relação à questão fiscal, estamos analisando o assunto. No momento, a meta anunciada será seguida", afirmou. O Estadão/Broadcast apurou com um integrante da equipe econômica que é "forte" a possibilidade de revisão da meta, mas o novo referencial não poderá ultrapassar de jeito nenhum o rombo verificado em 2016 (R$ 159,5 bilhões). O mesmo raciocínio vale para a revisão da meta de 2018: o déficit não poderá ser maior do que o previsto para este ano. A avaliação da Fazenda é que é inviável manter o corte do Orçamento nos níveis atuais (R$ 45 bilhões) por conta do risco de paralisação da máquina administrativa, afetando serviços públicos. Com um corte menor, de R$ 39 bilhões, já houve reclamação das polícias Federal e Rodoviária Federal, que alegaram que a restrição orçamentária prejudicou a confecção de passaportes e as patrulhas nas rodovias. O governo aguarda uma análise mais detalhada dos dados da receita de julho para verificar se a velocidade de recuperação da arrecadação poderá ocorrer no ritmo adequado até o fim do ano. A avaliação da equipe econômica é de que não poderá deixar para o fim do ano a revisão, se ficar claro que a velocidade de recuperação das receitas não corresponde ao esperado. Confiança Segundo fontes, Meirelles deixou claro que, se necessário, fará a revisão da meta deste ano sem temor de perda da confiança na condução da sua política. Ele tem recebido indicações de investidores de que a mudança é inevitável e que há confiança no ajuste das despesas feito até agora. A interlocutores, Meirelles tem dito que não repetirá a postura do ex-ministro da Fazenda Joaquim Levy que, durante o governo Dilma, "brigou em manter a meta a todo custo e depois perdeu". A mudança, se tiver de ser feita, será conduzida por ele. O ministro disse ontem que não há planos para compensar a perda de cerca de R$ 500 milhões com a correção da alíquota de PIS/Cofins sobre o etanol. O governo errou o cálculo e foi obrigado a diminuir o imposto em R$ 0,08 por litro. Segundo Meirelles, receitas extraordinárias - como a antecipação da outorga do Galeão e a concessão da raspadinha da Caixa - poderão compensar essa frustração. "Acreditamos que possa haver recuperação grande da arrecadação." O governo monitora ainda a aprovação de projetos que poderão render uma maior arrecadação, entre eles o da reoneração da folha (que acaba com o benefício fiscal dado a 50 setores permitindo a troca da contribuição sobre 20% da folha de pagamento por alíquota de até 4,5% sobre o faturamento) e do novo Refis (parcelamento de dívidas tributárias). Meirelles afirmou que a previsão é que o Refis seja aprovado "tal qual" enviado pelo governo, sem as modificações feitas pelo relator Newton Cardoso (PMDB-MG), que deixaram as condições muito mais vantajosas para os devedores e derrubaram a previsão de arrecadação de R$ 13 bilhões para R$ 420 milhões. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

fonte: http://atarde.uol.com.br/economia/noticias/1882...-bilhoes-este-ano


Responder com Citação    




ardoss em 1 Ago 2017 - 13:28       
anos | Abr 2006 | Mensagens: 860 | Craíbas - AL
  
 

Pedimos a sua licença para gastar um pouco mais, ok?

Responder com Citação    

Ademir em 1 Ago 2017 - 15:19       
anos | Abr 2008 | Mensagens: 3479 | Paranavaí - PR
  
 

O golpe custou caro e se manter no poder mais ainda.

Alguém tem que pagar a conta!

Imagina quem vai pagar o pato!


Responder com Citação    

Paulo Frank em 2 Ago 2017 - 0:34       
anos | Set 2014 | Mensagens: 1475 | Ijuí - RS
  
 

Hummmm...
Por muito menos a Dilma foi "golpeada"...


Responder com Citação    

Ademir em 2 Ago 2017 - 8:45       
anos | Abr 2008 | Mensagens: 3479 | Paranavaí - PR
  
 

Só depois da "absolvição de temer" pelos congressistas saberemos o quanto ele gastou do dinheiro do país (dinheiro que o país não tem) para se manter no poder!

Responder com Citação    







Enviar Mensagens Novas: Proibído
Responder Tópicos Proibído
Editar Mensagens: Proibído
Excluir Mensagens: Proibído
Votar em Enquetes: Proibído






VCVIP
Usuário:  
Senha:  
Lembrar 
Cadastre-se!
Mundosat
E shop Satelite
RGS

Compare no BuscapÉ



SIGA-NOS

Facebook   Twitter   Youtube

VCFAZ.TV NO CELULAR

App Android   Telegram

FALE CONOSCO

E-mail    Fórum Ajuda

ACESSO RÁPIDO

Na Televisão: Últimas Notícias |  Novelas |  Guia de TV
Colunas: Agenda de estreias |  Entrevista |  FabioTV |  No Controle
Fóruns de Debate: Equipamentos |  Esportes |  Feeds |  NET Claro |  Oi |  On Demand |  Papo Aberto |  Política |  Promoções |  Satélite |  SKY |  Tech |  TV |  Vivo | 
Sobre o vcfaz.tv: Fale Conosco |  Parcerias |  Regras de Participação |  Ajuda | 
Powered by phpBB © 2001, 2002 phpBB Group