Você está lendo um tópico
Novo Tópico Responder Mensagem 

Papo Aberto   
Criança desmaia em escola: 'Chorei ao notar que era fome', diz professora
As mensagens são de responsabilidade de seus autores.
Este tópico possui Mensagens 6 respostas e Visualizações 513 visitas.


Larry.Tate em 20 Nov 2017 - 15:18       
anos | Out 2007 | Mensagens: 2392 | São Paulo - SP
  
 


Aluno de 8 anos desmaiou de fome em uma escola do Cruzeiro, no Distrito Federal

WANDERLEY PREITE SOBRINHO
COLABORAÇÃO PARA O UOL

17/11/2017 15h20


Um aluno de oito anos desmaiou de fome na última segunda-feira (13) em uma escola do Cruzeiro, no Distrito Federal. Ele é um dos estudantes carentes que moram no Paranoá Parque e que, todos os dias, viajam 30 km – quase sempre sem comer – para estudar na região.

A criança, que frequenta a Escola Classe 8, mora em um empreendimento do Minha Casa, Minha Vida. Deste local, 250 alunos são transportados diariamente para uma unidade de ensino no Cruzeiro. "Assim que os alunos chegam, eu cumprimento um a um", relembra à reportagem Ana Carolina Costa, professora do 2º Ano Fundamental. "Mas quando chegou a vez o menino, percebi que chorava." Ele estava com a mão no peito, coração disparado, passando mal. "Levei para a direção. Por duas vezes ele apagou. Não reagia."

A professora acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e chamou os três irmãos do garoto, que também estudam na escola. "Eles ficaram calados, com caras de assustados." Questionados, disseram que não tinham comido nada no domingo e que naquela segunda tinham tomado mingau de fubá (fubá, água e sal) antes de sair de casa.

"Quando a gente percebeu que era forme, eu saí de perto para chorar. O rapaz do Samu me olhou com uma cara de 'que realidade é essa?'. E eu disse que é sempre assim. Eu tenho dois alunos que todos os dias reclamam de fome", diz.

A professora reuniu outros membros da escola e foi levar uma cesta básica para a família do estudante. "A mãe nos disse que tinham o suficiente. Mas enquanto a gente conversava, só tinha uma panela de arroz sobre o fogão. A criança mais nova toda hora enfiava a mão na panela para comer. Ter comida para eles em casa é ter fubá", lamenta.

Ana garante que mais estudantes passam fome em sua classe. "Dos meus 18 alunos, quatro chegam com fome todos os dias. É a metade que não come, mas esses quatro são muito carentes." Ela, então, vai à cantina, pega uma fruta e leva para uma criança ou outra "para conseguir enganar a barriga deles e conseguir dar aula até o intervalo".

O Sindicato dos Professores (Sinpro-DF) já pediu à Secretaria de Educação a construção de uma escola na região do Paranoá Parque. "Se não é possível construir agora, a escola tinha de, no mínimo, oferecer uma refeição na entrada: arroz, feijão e frango, e um lanche à tarde", disse Samuel Fernandes, diretor da entidade.

Ele explica que os alunos que estudam em período parcial recebem apenas um lanche, às 15h30. "Em uma semana, é comida duas vezes por semana e biscoito e suco nos outros três dias. Na outra semana é o oposto. A criança fica até oito horas longe de casa. Até se almoçar às 11h, ela não aguenta", diz.

Mesmo quando completa, a merenda "não é boa, é pouco nutritiva", garante a professora. "O feijão é enlatado, com sódio. É uma carne que tem de ferver antes para tirar o sebo que tem em cima. Mas diante da realidade dos meninos, é melhor do que nada."

Procurada, a Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEE-DF) "lamenta que o aluno tenha passado por esta situação". A pasta diz que "não foi informada formalmente sobre o problema" de merenda e que vai apurar "diretamente na escola, com o gestor da unidade, qual a real situação dos alunos para, em conjunto com a direção e coordenação regional de ensino, encontrar uma solução razoável".

Ainda segundo a secretaria, a construção de escolas no Paranoá Parque e no Itapoã consta no plano de obras 2015/2018, mas "não há disponibilidade financeira imediata para as obras". O órgão dispõe de um terreno para esta finalidade em cada uma das cidades. "No caso do Itapoã, o projeto para a construção de uma Escola Classe já está concluído e aguarda dotação financeira."

Mas promete que 84 crianças, hoje no 5º ano no Cruzeiro, "irão cursar o 6º ano nos Centros de Ensino Fundamental 03 e 05 do Paranoá, em 2018".

A professora Ana faz um apelo: "Que a secretaria olhe com carinho para a nossa escola, que é especial por atender tantas crianças pobres. Que o cardápio tenha, pelo menos, almoço na entrada."

http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2017/11/...-professora.shtml


Responder com Citação   




Larry.Tate em 20 Nov 2017 - 19:18       
anos | Out 2007 | Mensagens: 2392 | São Paulo - SP
  
 

Em outras notícias a respeito e temos:

Há um ano a mãe foi contemplada com um apartamento do programa Minha Casa MInha Vida no Paranoá Parque.

Ela recebe R$ 946,00 de programas assistenciais, está desempregada e tem 6 filhos.


Caramba!!!!!!

Quem recebe R$ 946,00 de programas assistenciais vai querer trabalhar para receber menos e perder o dinheirinho que recebe do governo sem precisar mover uma palha sequer?

A realidade brasileira é triste.
Essa mulher tem um valor enorme para governantes populistas que querem perpetuar a miséria para se perpetuarem no poder.

Não tenho bola de cristal para prever o futuro, mas é possível imaginar que algum dos filhos dela irá ter uma morte violenta, talvez seja morto pela polícia, por bandidos, por acerto de contas.
Outro filho dela talvez mate alguém, talvez um trabalhador, um bandido, um comparsa.

De fato, é difícil para qualquer um sustentar 6 filhos com R$ 946,00.
É difícil também ganhar R$ 946,00 trabalhando, mas é fácil fazer filhos.

E onde estão os pais dessas crianças?


Responder com Citação   

CRISPIM em 20 Nov 2017 - 20:02       Moderação
anos | Fev 2006 | Mensagens: 7493 | Itajaí - SC
  
 

E mora esta criança nas proximidades das raposas de Brasília.

É muito cansaço da viagem e comem pouco, vem a fraqueza.

Triste, mas tem milhões que vivem esta miséria no Brasil. Onde tem merenda, quase sempre autoridades corruptas ainda roubam da boca dos pequeninos.

Chateado 2


Responder com Citação   

STOLEDO em 21 Nov 2017 - 12:54       
anos | Dez 2010 | Mensagens: 996 | Borda da Mata - MG
  
 

946 R$, decerto não é suficiente pra pagar a casa , alimentar, vestir, educar ,os filhos, pagar luz, água. pode ser o caso de pais mais negligentes , mas pode não ser. as crianças já nasceram e estão aí, portanto precisam da vigilância do estado. assim dificilmente vamos conseguir ser educados e ter oportunidades. quem tem condições de dinheiro e ter pais responsáveis e ter um estado atento, deve dar graças a Deus, porque barriga doendo de fome não é mole.nós que temos condições, não deveríamos achar errado o estado dar atenção pelo menos às crianças pobres.

Responder com Citação   

Larry.Tate em 21 Nov 2017 - 21:28       
anos | Out 2007 | Mensagens: 2392 | São Paulo - SP
  
 

STOLEDO escreveu
946 R$, decerto não é suficiente pra pagar a casa , alimentar, vestir, educar ,os filhos, pagar luz, água. pode ser o caso de pais mais negligentes , mas pode não ser. as crianças já nasceram e estão aí, portanto precisam da vigilância do estado. assim dificilmente vamos conseguir ser educados e ter oportunidades. quem tem condições de dinheiro e ter pais responsáveis e ter um estado atento, deve dar graças a Deus, porque barriga doendo de fome não é mole.nós que temos condições, não deveríamos achar errado o estado dar atenção pelo menos às crianças pobres.


Também não acho errado o Estado dar atenção a essas crianças.
O problema é que essa mulher já tem 6 filhos e certamente terá muito mais.
E ai? O que deve ser feito?

Talvez não fosse o caso de tirar essas crianças da mãe e coloca-las na guarda do Estado?
O futuro dessas crianças não é nada bom.

Obviamente que R$ 946,00 não são suficientes para sustentar 6 crianças e uma adulta, mas quanto seria o suficiente?
R$ 5.000,00?
R$ 10.000,00?

Dar dinheiro não é dar um prêmio a gente sem responsabilidade?
Talvez dar comida?

É uma situação difícil !


Responder com Citação   

STOLEDO em 22 Nov 2017 - 13:11       
anos | Dez 2010 | Mensagens: 996 | Borda da Mata - MG
  
 

é! o que fazer é antes de ter filhos, porque depois é melhor dar a comida. a gente já sabe que nossos políticos preferem uma população refém do estado, para fins políticos.então, são duas políticas. uma tentando evitar a situação , outra tentando curar o já acontecido. hoje mesmo vimos noticiado, que a onu considera que o brasil protege mais os ricos que os pobres, através de suas políticas. acredito que o dinheiro gasto no social não pode e nem precisa ser absurdo e se fosse uma grande quantia, certamente seria menos que os gastos errados de nossos governos.sempre haverá os que preferem receber uma grana sem trabalhar, mas os que são corretos e sendo crianças, não podem sofrer por isso. a preferência é que a família possa se virar sem ajuda do estado, mas até lá temos que ter um projeto social que ajude.

Responder com Citação   

STOLEDO em 23 Nov 2017 - 12:58       
anos | Dez 2010 | Mensagens: 996 | Borda da Mata - MG
  
 

não e a onu e sim o banco mundial.

Responder com Citação   







Enviar Mensagens Novas: Proibído
Responder Tópicos Proibído
Editar Mensagens: Proibído
Excluir Mensagens: Proibído
Votar em Enquetes: Proibído






VCVIP
Usuário:  
Senha:  
Lembrar 
Cadastre-se!
Agora na TV revista eletronica
Dra K: Animais Exóti..
18:00 - 18:45
Off No Multishow
18:00 - 18:30
Mude O Meu Look
17:30 - 18:15
Contágio, Epidemia M..
16:30 - 18:20
Coreografia: O Desen..
18:00 - 19:00
Mundosat
RGS
E shop Satelite

Compare no BuscapÉ



SIGA-NOS

Facebook   Twitter   Youtube

VCFAZ.TV NO CELULAR

App Android   Telegram

FALE CONOSCO

E-mail    Fórum Ajuda

ACESSO RÁPIDO

Na Televisão: Últimas Notícias |  Novelas |  Sinal Aberto |  Ao vivo |  Guia de TV
Colunas: Estreias |  Ubaldo |  FabioTV |  No Controle
Fóruns de Debate: Equipamentos |  Esportes |  Feeds |  NET Claro |  Oi |  On Demand |  Papo Aberto |  Política |  Promoções |  Satélite |  SKY |  Tech |  TV |  Vivo | 
Sobre o vcfaz.tv: Fale Conosco |  Parcerias |  Regras de Participação |  Ajuda | 
Powered by phpBB © 2001, 2002 phpBB Group