Você está lendo um tópico
Novo Tópico Responder Mensagem 

Papo Aberto   
Universidade de Brasília terá disciplina sobre 'golpe de 2016'
As mensagens são de responsabilidade de seus autores.
Este tópico possui Mensagens 19 respostas e Visualizações 1633 visitas.
1, 2  Próximo


Paulo.es em 22/2/18, 17:22       
anos | Dez 2006 | Mensagens: 1504 | Vitória - ES
  
 

Universidade de Brasília terá disciplina sobre 'golpe de 2016'

Matéria do curso de Ciência Política vai analisar 'retrocessos do governo Temer e entender deposição da ex-presidente Dilma', diz ementa.

Universidade de Brasília (UnB) vai oferecer uma disciplina sobre "o golpe de 2016 e o futuro da democracia no Brasil". As aulas do curso de ciência política começam no dia 5 de março, na retomada do semestre letivo.

Na ementa do curso orientado pelo professor Luis Felipe Miguel, a disciplina pretende analisar a "agenda de retrocesso" durante o governo do presidente Michel Temer. As aulas também têm o objetivo de entender os "elementos de fragilidade" do sistema político brasileiro, "que depuseram a presidente Dilma Rousseff". O programa da disciplina foi publicado nas redes sociais.

Ao decorrer de cinco módulos, os estudos vão discutir pontos – organizados em ordem cronológica–, desde o "golpe de 1964". O conteúdo pretende abordar, ainda, o debate sobre o "PT e o pacto lulista", "jornadas de junho" e, por último, o "governo ilegítimo e resistência".

Por e-mail, o G1 procurou o professor Miguel para comentar a forma de avaliação dos alunos, mas ele disse que não comentaria o assunto.

Em uma publicação em seu próprio perfil, em uma rede social, Luis Miguel afirmou tratar-se de um "disciplina corriqueira", que não merece o "estardalhaço artificialmente criado sobre ela". "A única coisa que não é corriqueira é a situação atual do Brasil, sobre a qual a disciplina se debruçará", escreveu.

Liberdade de expressão
A reportagem também procurou a Universidade de Brasília para comentar o processo de escolha e aprovação das disciplinas ministradas. Por meio de nota a instituição afirma que a proposta de criação das matérias é de responsabilidade das unidades acadêmicas, que têm "autonomia para propor e aprovar conteúdos".

No texto, a UnB reiterou ainda, que tem "compromisso com a liberdade de expressão e opinião", considerados valores fundamentais para a universidade. "São espaços, por excelência, para o debate de ideias em um Estado democrático", diz nota enviada.

Modelo de avaliação
Já na ementa do curso, o professor diz que os trabalhos deverão incorporar as leituras indicadas para cada unidade. Além de trabalhos escritos, os alunos serão avaliados, ainda, a partir de provas orais.

"A avaliação dos trabalhos vai levar em conta a desenvoltura na utilização precisa dos principais conceitos das diferentes autoras, a visão crítica, diz o texto. Além da capacidade de realizar conexões com a realidade e o desenvolvimento de ideias próprias. O modelo de avaliação é comum em cursos da área das ciências humanas.

O professor Luis Felipe Miguel é doutor em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), professor titular do Instituto de Ciência Política da UnB e pesquisador do CNPq. Foi vice-presidente da Associação Brasileira de Pesquisadores em Comunicação e Política, de 2013 a 2015.

https://g1.globo.com/df/distrito-federal/noticia...lpe-de-2016.ghtml


Responder com Citação   




Ademir em 23/2/18, 9:36       
anos | Abr 2008 | Mensagens: 4533 | Paranavaí - PR
  
 

Conteúdo para mostrar aos alunos não faltam!

Penso que a aula de abertura tinha que começar com a letra dessa música:



Samba Enredo 2018 - Meu Deus, Meu Deus, Está Extinta a Escravidão?
G.R.E.S Paraíso do Tuiuti


Não sou escravo de nenhum senhor
Meu Paraíso é meu bastião
Meu Tuiuti, o quilombo da favela
É sentinela na libertação

Irmão de olho claro ou da Guiné
Qual será o seu valor? Pobre artigo de mercado
Senhor, eu não tenho a sua fé, e nem tenho a sua cor
Tenho sangue avermelhado
O mesmo que escorre da ferida
Mostra que a vida se lamenta por nós dois
Mas falta em seu peito um coração
Ao me dar a escravidão e um prato de feijão com arroz

Eu fui mandiga, cambinda, haussá
Fui um Rei Egbá preso na corrente
Sofri nos braços de um capataz
Morri nos canaviais onde se plantava gente

Ê, Calunga, ê! Ê, Calunga!
Preto Velho me contou, Preto Velho me contou
Onde mora a Senhora Liberdade
Não tem ferro nem feitor

Ê, Calunga
Preto Velho me contou
Onde mora a Senhora Liberdade
Não tem ferro nem feitor

Amparo do Rosário ao negro Benedito
Um grito feito pele do tambor
Deu no noticiário, com lágrimas escrito
Um rito, uma luta, um homem de cor

E assim, quando a lei foi assinada
Uma lua atordoada assistiu fogos no céu
Áurea feito o ouro da bandeira
Fui rezar na cachoeira contra a bondade cruel

Meu Deus! Meu Deus!
Se eu chorar, não leve a mal
Pela luz do candeeiro
Liberte o cativeiro social

Meu Deus! Meu Deus!
Se eu chorar, não leve a mal
Pela luz do candeeiro
Liberte o cativeiro social


Responder com Citação   

Moonie em 23/2/18, 11:06       
anos | Set 2017 | Mensagens: 180 | Taubaté - SP
  
 

Disciplina sobre lenda urbana?! Essa é nova!

Responder com Citação   

Paulo Frank em 23/2/18, 11:34       
anos | Set 2014 | Mensagens: 1878 | Ijuí - RS
  
 

Moonie escreveu
Disciplina sobre lenda urbana?! Essa é nova!


Lenda para os paneleiros e seus asseclas.
Realidade para quem viu como os fatos aconteceram!


Responder com Citação   

CRISPIM em 23/2/18, 12:16       Moderação
anos | Fev 2006 | Mensagens: 8287 | Itajaí - SC
  
 

Moonie escreveu
Disciplina sobre lenda urbana?! Essa é nova!



Coitados, seguiram o caminho errado da história do Brasil: deviam ensinar como combater os corruptos da quadrilha do Lula, FHC, Cunha...


Nerd


Responder com Citação   

Larry.Tate em 23/2/18, 23:45       
anos | Out 2007 | Mensagens: 2723 | São Paulo - SP
  
 

As universidades são livres, qualquer professor idiota de esquerda ou de direita pode criar uma disciplina não obrigatória.
Poderiam até criar uma disciplina a respeito do grande golpe que a esquerda tentou dar no país pilhando a Petrobrás e aparelhando o setor público.

Poderiam criar uma disciplina sobre o mensalão ou a respeito da corrupção nos governos Lula e Dilma.

O problema que vejo nessas disciplinas não obrigatórias é que o dinheiro pago a um professor idiota poderia ser melhor aplicado num curso de medicina ou pesquisando algo realmente sério.

Obviamente que o professor espertalhão vai querer ganhar um dinheirinho extra dando aulas para um bando de alunos de esquerda.


Responder com Citação   

robert_wadt em 24/2/18, 0:43       
anos | Ago 2005 | Mensagens: 863 | Manaus - AM
  
 

!
Comunicado da Moderação:
Editado pela Moderação.
Está fazendo flooding em diversos tópicos.
Favor Colaborar e não é sobre o tema em questão.


Responder com Citação   

mjbondioli em 24/2/18, 9:46       
anos | Jan 2017 | Mensagens: 811 | Pindamonhangaba - SP
  
 

Larry.Tate escreveu
As universidades são livres, qualquer professor idiota de esquerda ou de direita pode criar uma disciplina não obrigatória.
Poderiam até criar uma disciplina a respeito do grande golpe que a esquerda tentou dar no país pilhando a Petrobrás e aparelhando o setor público.

Poderiam criar uma disciplina sobre o mensalão ou a respeito da corrupção nos governos Lula e Dilma.

O problema que vejo nessas disciplinas não obrigatórias é que o dinheiro pago a um professor idiota poderia ser melhor aplicado num curso de medicina ou pesquisando algo realmente sério.

Obviamente que o professor espertalhão vai querer ganhar um dinheirinho extra dando aulas para um bando de alunos de esquerda.


Universidade Federal, curso de Humanas. É o habitat natural da turminha de esquerda caviar.


Responder com Citação   

mjbondioli em 24/2/18, 9:53       
anos | Jan 2017 | Mensagens: 811 | Pindamonhangaba - SP
  
 

Larry.Tate escreveu
As universidades são livres, qualquer professor idiota de esquerda ou de direita pode criar uma disciplina não obrigatória.
Poderiam até criar uma disciplina a respeito do grande golpe que a esquerda tentou dar no país pilhando a Petrobrás e aparelhando o setor público.

Poderiam criar uma disciplina sobre o mensalão ou a respeito da corrupção nos governos Lula e Dilma.

O problema que vejo nessas disciplinas não obrigatórias é que o dinheiro pago a um professor idiota poderia ser melhor aplicado num curso de medicina ou pesquisando algo realmente sério.

Obviamente que o professor espertalhão vai querer ganhar um dinheirinho extra dando aulas para um bando de alunos de esquerda.


Até onde eu sei, professor de universidade federal não recebe um extra por disciplina não obrigatória, muito pelo contrário: somos até "incentivados" a propor pelo menos uma disciplina não obrigatória (denominada optativa) por semestre.

Eu mesmo leciono duas disciplinas optativas no curso de engenharia mecânica da UFSJ e não recebo nada a mais por isso. Nossa obrigação é ter ao menos 8 hs de aula semanais e na maioria das vezes isso é obtido ofertando as optativas.


Responder com Citação   

Paulo.es em 24/2/18, 10:12       
anos | Dez 2006 | Mensagens: 1504 | Vitória - ES
  
 

mjbondioli escreveu
Larry.Tate escreveu
As universidades são livres, qualquer professor idiota de esquerda ou de direita pode criar uma disciplina não obrigatória.
Poderiam até criar uma disciplina a respeito do grande golpe que a esquerda tentou dar no país pilhando a Petrobrás e aparelhando o setor público.

Poderiam criar uma disciplina sobre o mensalão ou a respeito da corrupção nos governos Lula e Dilma.

O problema que vejo nessas disciplinas não obrigatórias é que o dinheiro pago a um professor idiota poderia ser melhor aplicado num curso de medicina ou pesquisando algo realmente sério.

Obviamente que o professor espertalhão vai querer ganhar um dinheirinho extra dando aulas para um bando de alunos de esquerda.


Até onde eu sei, professor de universidade federal não recebe um extra por disciplina não obrigatória, muito pelo contrário: somos até "incentivados" a propor pelo menos uma disciplina não obrigatória (denominada optativa) por semestre.

Eu mesmo leciono duas disciplinas optativas no curso de engenharia mecânica da UFSJ e não recebo nada a mais por isso. Nossa obrigação é ter ao menos 8 hs de aula semanais e na maioria das vezes isso é obtido ofertando as optativas.


mjbondioli, nem precisa responder a esse tipo de comentário. A alienação dos manifantoches é tanta que não conseguem enxergar nada além das fake news que a turma do governo espalha diariamente nas redes sociais.
Mas eu entendo. Admitir que foram manipulados é muito difícil. Tipo o marido traído pela esposa. Nega e briga com quem quer lhe abrir os olhos :)


Responder com Citação   

1, 2  Próximo






Enviar Mensagens Novas: Proibído
Responder Tópicos Proibído
Editar Mensagens: Proibído
Excluir Mensagens: Proibído
Votar em Enquetes: Proibído




VCVIP
Usuário:  
Senha:  
Lembrar 
Cadastre-se!
Agora na TV revista eletronica
Os Últimos Cavaleiro..
11:16 - 13:18
Free Willy
13:05 - 15:00
Sem Corte e Sem Cens..
12:23 - 13:23
Negócios Extremos - ..
13:00 - 13:22

 
Sinal aberto
Sportv 4K
14/06 a 15/07
NET e Oi

RGS
E shop Satelite

SIGA-NOS

Facebook   Twitter   Youtube

VCFAZ.TV NO CELULAR

App Android   Telegram

FALE CONOSCO

E-mail    Fórum Ajuda

ACESSO RÁPIDO

Na Televisão: Últimas Notícias |  Novelas |  Sinal Aberto |  TV Ao vivo |  Guia de TV
Colunas: Estreias |  Ubaldo |  FabioTV |  Cinema
Fóruns de Debate: Equipamentos |  Esportes |  Feeds |  Filmes e Séries |  NET Claro |  Oi |  Papo Aberto |  Política |  Promoções |  Satélite |  SKY |  TV |  Vivo | 
Sobre o Vcfaz: Fale Conosco |  Parcerias |  Regras de Participação |  Ajuda | 

Powered by phpBB © 2001, 2002 phpBB Group